Oposição no Vasco quer incluir sócios-torcedores nas eleições



Grupo de oposição à gestão de Eurico Miranda, a Cruzada Vascaína lançará este mês um plano de governo para ser proposto à atual direção do clube de São Januário. Entre os sugestões estão duas medidas voltadas à maior participação dos torcedores nas eleições.

A primeira é permitir o voto a todos os sócios-torcedores do programa Gigante, que hoje tem cerca de 10 mil associados. A outra e permitir que o voto seja feito à distância por conta do grande número de torcedores do time espalhados pelo país.

O grupo também prega alterações no estatuto do clube para que as reuniões do Conselho Deliberativo do Vasco sejam mais “democráticas”.



MaisRecentes

Com premiações, patrocínio da Caixa ao Flamengo pode chegar a R$ 30 milhões



Continue Lendo

Diretor da CBF fala em ‘pegada mais qualitativa’ no Brasileirão e sobre investimentos



Continue Lendo

‘Estou ajudando a não tirá-lo’, diz Andrés sobre impeachment de presidente do Corinthians



Continue Lendo