Oposição no Vasco quer incluir sócios-torcedores nas eleições



Grupo de oposição à gestão de Eurico Miranda, a Cruzada Vascaína lançará este mês um plano de governo para ser proposto à atual direção do clube de São Januário. Entre os sugestões estão duas medidas voltadas à maior participação dos torcedores nas eleições.

A primeira é permitir o voto a todos os sócios-torcedores do programa Gigante, que hoje tem cerca de 10 mil associados. A outra e permitir que o voto seja feito à distância por conta do grande número de torcedores do time espalhados pelo país.

O grupo também prega alterações no estatuto do clube para que as reuniões do Conselho Deliberativo do Vasco sejam mais “democráticas”.



MaisRecentes

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo

Santos e FPF se unem em campanha por apoio ao futebol feminino no Brasil



Continue Lendo

Jogos da Série B1 do Carioca terão transmissão pela tv a cabo



Continue Lendo