CBF planeja ida a Zurique para tentar desbloquear dinheiro do legado da Copa



A CBF pretende negociar in loco com a Fifa a liberação dos recursos restantes do fundo de legado da Copa do Mundo. O secretário-geral Walter Feldman e o diretor-executivo Rogério Caboclo estão planejando uma viagem a Zurique para conversarem diretamente com a secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura, dispostos a apresentar toda documentação necessária para que o dinheiro volte a ser repassado.

A CBF tem engatilhada a compra de 12 terrenos em estados que não receberam jogos da Copa do Mundo para construção de Centros de Treinamento. Mas o montante, originalmente de US$ 100 milhões, está bloqueado pela Fifa desde o início dos escândalos de corrupção no futebol sul-americano.



MaisRecentes

Diretor de ética da CBF vê ‘desconfiança natural’ sobre novo código, mas aposta no tempo



Continue Lendo

Clubes já pagaram mais de R$ 3 milhões de aluguel pelo Maracanã em 2017



Continue Lendo

Ferj tem contas aprovadas em assembleia sem Fla e Flu



Continue Lendo