CBF planeja ida a Zurique para tentar desbloquear dinheiro do legado da Copa



A CBF pretende negociar in loco com a Fifa a liberação dos recursos restantes do fundo de legado da Copa do Mundo. O secretário-geral Walter Feldman e o diretor-executivo Rogério Caboclo estão planejando uma viagem a Zurique para conversarem diretamente com a secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura, dispostos a apresentar toda documentação necessária para que o dinheiro volte a ser repassado.

A CBF tem engatilhada a compra de 12 terrenos em estados que não receberam jogos da Copa do Mundo para construção de Centros de Treinamento. Mas o montante, originalmente de US$ 100 milhões, está bloqueado pela Fifa desde o início dos escândalos de corrupção no futebol sul-americano.



MaisRecentes

Brasil quer sediar as finais da Copa Davis



Continue Lendo

Após críticas, deputado decide retirar projeto que veta patrocínio de refrigerantes ao esporte



Continue Lendo

Sem recursos, processo por uso de falsificação por parte do Inter ‘morre’ no STJD



Continue Lendo