Paulistão pode pôr fim ao limite de atletas inscritos. Mas só em 2018



O Paulistão 2017 terá, pelo terceiro ano seguido, um limite de 28 jogadores inscritos por clube, regra que não agrada os dirigentes dos grandes times por participarem, simultaneamente, de outras competições, como a Libertadores.

Na reunião que debateu o regulamento do torneio, realizada ontem na sede da FPF, os presidentes do grandes paulistas – Corinthians, São Paulo, Santos e Palmeiras – reclamaram novamente da regra. Mas a entidade argumentou que a iniciativa serve para equiparar as forças com os times do interior, cujo poder financeiro é menor.

Uma sugestão, entretanto, já foi comentada no encontro e deve ser colocada em pauta na reunião do próximo ano visando a edição de 2018 do Paulistão, que é a de liberar a utilização de jogadores da base para serem utilizados na competição.

– Existe uma ideia de diminuir o número de 28 para 25 jogadores e liberar todos os da base para completar o time. Deve ser testada no ano que vem – afirmou o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre.



MaisRecentes

Crise política breca MP que isenta atletas de cobrança previdenciária



Continue Lendo

Romário enviará relatório da CPI do Futebol ao Ministério Público da Espanha



Continue Lendo

Federação Paulista nomeia empresário como vice-presidente



Continue Lendo