‘Venda casada’ da Globo atraiu ao menos 11 clubes para contratos de TV



Ao menos onze clubes de futebol fecharam contratos com o Grupo Globo para a transmissão de seus jogos a partir de 2018 por conta dos benefícios do acordo oferecido para mais de uma mídia. O Flamengo, por exemplo, diz que “a proposta encaminha conjuntamente por Globo, Globosat e Horizonte refletiu o acordo integral das mídias, o que gerou uma melhor condição econômica para o clube”.

O modelo de negócio atraiu ainda Vasco, Botafogo, Fluminense, Figueirense, Coritiba, Bahia, Cruzeiro, Sport, Grêmio e Corinthians.

Apesar da proposta abranger várias mídias, como TVs aberta e fechada, pay-per-view (PPV), internet e transmissão no exterior, os contratos são independentes entre as empresas do Grupo Globo. Os detalhes dos acordos foram informados pelos clubes ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que apura a existência de monopólio da Globo nas transmissões de futebol no país.

Em suas respostas enviadas ao Cade, o Bahia aponta que um diretor da Globo afirmou “repetidas vezes que o melhor para o clube seria fechar todas as janelas” durante a negociação do contrato de transmissão dos jogos. E que o executivo da emissora afirmou que “o clube poderia ser prejudicado, principalmente, em sua participação no Premiere (PPV)”.

Segundo a Comunicação da Globo, a emissora não comenta processos em andamento no Cade.



MaisRecentes

Vasco quer aumentar uso do Maracanã para impulsionar projeto de sócio-torcedor



Continue Lendo

Torcedores podem acionar Ministério Público contra Pedro Abad



Continue Lendo

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo