‘Venda casada’ da Globo atraiu ao menos 11 clubes para contratos de TV



Ao menos onze clubes de futebol fecharam contratos com o Grupo Globo para a transmissão de seus jogos a partir de 2018 por conta dos benefícios do acordo oferecido para mais de uma mídia. O Flamengo, por exemplo, diz que “a proposta encaminha conjuntamente por Globo, Globosat e Horizonte refletiu o acordo integral das mídias, o que gerou uma melhor condição econômica para o clube”.

O modelo de negócio atraiu ainda Vasco, Botafogo, Fluminense, Figueirense, Coritiba, Bahia, Cruzeiro, Sport, Grêmio e Corinthians.

Apesar da proposta abranger várias mídias, como TVs aberta e fechada, pay-per-view (PPV), internet e transmissão no exterior, os contratos são independentes entre as empresas do Grupo Globo. Os detalhes dos acordos foram informados pelos clubes ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que apura a existência de monopólio da Globo nas transmissões de futebol no país.

Em suas respostas enviadas ao Cade, o Bahia aponta que um diretor da Globo afirmou “repetidas vezes que o melhor para o clube seria fechar todas as janelas” durante a negociação do contrato de transmissão dos jogos. E que o executivo da emissora afirmou que “o clube poderia ser prejudicado, principalmente, em sua participação no Premiere (PPV)”.

Segundo a Comunicação da Globo, a emissora não comenta processos em andamento no Cade.



MaisRecentes

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo