Interessados na gestão do Maracanã não creem em processo rápido de licitação



Interessados em gerir o Maracanã após a saída da Odebrecht não acreditam em solução rápida para o processo de saída da atual concessionária. Eles trabalham internamente com o prazo de a nova licitação ser lançada pelo Governo do Rio apenas em março, com definição do novo concessionário do complexo para o início do segundo semestre de 2017.

Enquanto isso, Flamengo e Fluminense vão apostar em aditivos contratuais com a atual gestão. Expirado o prazo de 30 de outubro previsto no contrato com o Comitê Rio-2016, o Maracanã não voltará imediatamente à Concessionária, já que o Governo do Rio precisará de um tempo para fazer uma conferência das instalações para ver se elas estão da mesma forma que foram entregues em março.



  • Mustafá

    Simples, se Flamengo e Fluminense querem o Maracanã, é só esses dois clubes pagarem 1,5 bilhão, que é o valor da construção, dinheiro público, pago pelo contribuinte.
    Dá um prazo de 20 anos para eles pagarem (com juros) e encerra logo essa história.

    • MENGAO .

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk … kkkkkkkkkkkkkkkkkk .. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 1,5 BILHÃO é esmola p o MENGÕ

MaisRecentes

Flamengo projeta receita de mais de R$ 40 milhões com sócio-torcedor em 2017



Continue Lendo

Clubes dão aval à CBF para negociar direitos internacionais do Brasileirão



Continue Lendo

Câmara quer debater investimentos da Caixa no futebol



Continue Lendo