Conselho do Botafogo aprova contrato com a Globo, que rende luvas de R$ 60 milhões



O Conselho Deliberativo do Botafogo aprovou o contrato do clube com a Globo referente ao período até 2024. Por causa da assinatura, o clube passou a ter direito a R$ 60 milhões de luvas, sendo R$ 20 milhões já recebidos em 2016 e R$ 40 milhões ficando para 2017.

Segundo informado aos conselheiros, o Esporte Interativo não apresentou uma proposta que pudesse bater de frente com a da Globo e, quando mostrou interesse, o clube já tinha acertado com atual detentora dos direitos.

O Flamengo foi quem mais faturou com luvas, arrecadando R$ 120 milhões, sendo R$ 70 milhões em 2016.



  • Hundine

    Os times hoje em dia estão tão afundados em dividas que fazem qualquer negocio pra receber uma teteia. O pior é que antes de acabar esses longos contratos, o dinheiro já acabou e eles ficam batendo biela. Trágico futebol Brasileiro. Saudações Alvinegras!

    • Hebert Verdazzo Prass

      Exatamente, hj o Bota recebe 20 milhões em 2017 os outros 40 milhões e os outros seis anos vai viver do que? Infelizmente até lá corre o risco de falência.

      • Ari José Moura

        Acho que vocês não entenderam… Esse dinheiro é tipo um prêmio pela assinatura do contrato, isso que quer dizer luvas.o time continuará recebendo os direitos de transmissão, que nada tem a ver com luvas.

        • Hundine

          Mais n se engane Ari, pq esses direitos de transmissão deve ser uma teteiazinha tb. Vc já viu o valor de direito de Transmissão?? Eu particularmente nunca vi. Mais enfim… continuo com o mesmo pensamento que até 2024 a situação será de vacas magras com relação a dinheiro.

          • Magno Beserra da Silva

            Valor total de 1,2Bilhoes divididos entre os 20 clubes no formato 40% 30% 30%… 40% igualmente, 30% pela classificação e 30% por audiência e transmissões de jogos. Formato da Premier league

        • Hebert Verdazzo Prass

          Vdd Ari, não percebi. Mas msm assim esse negócio de luvas dá o direito do atual presidente usufruir de uma fatia maior, já q o valor bruto do contrato terá que ser dividido até 2024.

  • Hebert Verdazzo Prass

    E pensar q o Verdão esse ano vai faturar mais de 500 milhões sem ter fechado os direitos de transmissão.

  • Leandro Porto

    Só espero que o CEP não antecipe as verbas de transmissão e que trabalhe com as receitas de seus respectivos anos. Se antecipar receitas o time rebaixa de novo.

  • Théo o Botafolgado

    Se computarmos a partir de 2017, serão sete anos. Dividindo-se 40.000.000 por 7 = menos de 6.000.000 por ano. Realmente, não podemos antecipar nenhuma cota dessas, pois, caso contrário, não teremos condição alguma de bancar o time nos últimos 4 anos deste contrato.

    • walter

      luvas,nao entra nessa conta,e um dinheiro que vc recebe e nao e abatido no montande a receber

      • Théo o Botafolgado

        Torço para que você esteja certo, mas não creio que seja assim. Para se ter certeza disso, só lendo o contrato.

        • Leandro Porto

          Cara, luvas são uma premiação que vc recebe por ter assinado o contrato. Não passa de um prêmio. O valor mesmo do contrato é outro e não entra nessa conta

  • Célio Muffolo

    Torço para que o Botafogo se recupere financeiramente, pois um clube tão tradicional não pode ficar a míngua e a margem dos demais clubes e que as próximas gestões sejam até melhores que esta atual gestão. Saudações alvi-verdes.

    • Bira Fogão

      Torço para que apareça um Paulo Nobre na vida do Botafogo também.
      Saudações Alvinegras!!!!

  • Manx

    A torcida do Botafogo espera que Fluminense, Flamengo e Vasco não tentem tirar o presidente Carlos Eduardo Pereira do Botafogo.

    • Sandro

      nos ja temos o melhor presidente…espero sinceramente que ele ajeite o seu time para fortalecer o futebol carioca..SRN

    • GRANDE IRMÃO MANX
      Sim!
      Já temos o melhor presidente!
      Já temos o melhor treinador!
      Já temos a melhor torcida!
      Que essas carniças se mantenham bem longe do FOGÃO!!

  • JRJRJRJRJJRJRJRJRJRJRJ

    PARABÉNS AO NOSSO QUERIDO CEP, HOMEM ÍNTEGRO E UM GRANDE LIDER QUE LEVOU O GLORIOSO ONDE ELE SEMPRE DEVERIA ESTAR. CARLOS EDUARDO VAI FICAR PARA HISTÓRIA DO GLORIOSO.
    EU LHE DIGO, MUITO OBRIGADO, MUITO OBRIGADO, GRAZIE, GRACIAS, THANK YOU, MERCI. BOTAFOGO SUA ESTRELA SOLITARIA ME CONDUZ…

    • Manx

      Concordo com todas as suas letras. Carlos Eduardo Pereira vai ficar para a história do nosso Botafogo de Futebol e Regatas.

      Obrigado presidente Carlos Eduardo Pereira,…obrigado por Vossa Excelência ser torcedor do Botafogo de Futebol e Regatas !!!

  • Peter

    Manx não é nome de gente. Manx é uma raça de gatos, de 4 patinhas que faz miau, miau, miau!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Manx é uma raça de gato doméstico bastante interessante e por que não dizer diferente. Este gatinho possui uma particularidade, que nada mais é do que uma mutação que reduz a sua cauda, mas na maioria dos casos são mais conhecidos como sendo sem cauda, uma característica marcante da raça. Conheça a seguir um pouco mais desta curiosa raça de felinos que certamente irá lhe agradar.

    O MANX NÃO TEM RABO. QUEM SERÁ QUE PASSOU A MÃO NO RABO DO MANX?
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KK

    • Manx

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Peter

        Sabia que eu tenho inveja. Tenho inveja sim, do Cristiano Ronaldo. Não pelo dinheiro, pelo futebol que ele joga e muito menos pelos carrões que ele tem. Eu tenho inveja dele, porque ele pega aquelas mulheres gostosas, bonitas e maravilhosas e nem gripe ultimamente estou pegando. KKKKKKKKKKKKKKKK
        Agora, o sujeito ter inveja de um bost@ como você Manx, só internando num manicômio. KKKKKKKKKKKKKKKKK

        • Manx

          Mas seu Peter, o senhor é um VELHO BABÃO. O senhor só pega TRAVESTI. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Peter

            A tua mãe é travesti?
            Manx, a tua é travesti?
            KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

          • Manx

            ………………………..

      • Peter

        Cara, deixa de ser chato. Quem é que te deu autorização para ficar defendendo a diretoria do Botafogo? Quem disse que tu é advogado do CEP? O texto do Goiásfogo foi bem escrito e espero que tu tome vergonha nessa tua cara, Manx.

        Goiásfogo Manx • 18 horas atrás
        ANTES DE MAIS NADA, DEVO DIZER QUE JÁ NÃO É A PRIMEIRA VEZ QUE PERCEBO, QUE O TORCEDOR QUE SE IDENTIFICA COMO MANX, VOLTA E MEIA RESPONDE A UM COMENTÁRIO DE OUTRO TORCEDOR DE FORMA PARECIDA COM A QUE ENDEREÇOU A MIM UMA SUPOSTA RESPOSTA, E DIGO SUPOSTA PORQUE FIZ UMA POSTAGEM EM UM BLOG DE TORCEDORES DO BOTAFOGO. E PELO JEITO O MANX SE CONSIDERA MAIS TORCEDOR QUE OS DEMAIS, E OU ENTÃO DEVE TER PROCURAÇÃO DA DIRETORIA DO BFR PARA RESPONDER POR ELES, CASO CONSIDERE INADEQUADO UM COMENTÁRIO.
        RESPONDO ENTÃO AO MANX, QUE TODOS OS TORCEDORES NESTE ESPAÇO ALVINEGRO, TÊM O MESMO DIREITO DE EXPRESSAREM SUAS OPINIÕES, POIS ANTES DE MAIS NADA ESTAMOS EM UMA DEMOCRACIA. TANTO NO PAÍS QUANTO NESTE ESPAÇO DEDICADO A MANIFESTAÇÃO LIVRE DOS TORCEDORES ALVINEGROS.
        E POR ISSO TENHO CONSIDERADO ESTRANHAS AS SUAS CONSTANTES REAÇÕES EM DEFESA PRINCIPALMENTE DO PRESIDENTE DO BFR.
        RESOLVI ENTÃO ESCLARECER, QUE NEM VOCÊ NEM QUALQUER OUTRO TORCEDOR TEM O DIREITO DE TENTAR IMPEDIR MANIFESTAÇÕES DE OPINIÕES DE QUALQUER UM OUTRO TORCEDOR. OU SERÁ QUE VOCÊ NÃO CONSIDERA QUE ESTE ESPAÇO É DEMOCRÁTICO E QUE O BRASIL É UMA DEMOCRACIA???
        POR ISSO SEMPRE RESPEITEI E CONTINUO RESPEITANDO AS SUAS OPINIÕES, E MESMO NÃO CONCORDANDO SEMPRE COMO QUE SUAS MENSAGENS TRANSMITEM. LEIO-AS E NUNCA TENTEI IMPEDI-LO DE EXPRESSÁ-LAS.
        MAS OUTRA SITUAÇÃO ALTAMENTE INTERESSANTE, SE REFERE AOS MEUS COMENTÁRIOS, QUANDO EU APENAS COMENTEI SOBRE A NECESSIDADE DE SE REFORÇAR O ELENCO DO BOTAFOGO, RECONHECIDAMENTE FRACO E LIMITADÍSSIMO. E COM ESSES MESMOS JOGADORES SEM HAVER INVESTIMENTOS EM SE MELHORAR A QUALIDADE DO ATUAL ELENCO O CLUBE IRÁ BATER E VOLTAR NA SUL AMERICANA. E TAMBÉM APESAR DE SE MANTER NA SÉRIE A DO BRASILEIRÃO, SEM OS DEVIDOS E INADIÁVEIS REFORÇOS, A SORTE É COMO DINHEIRO, NÃO ACEITA DESAFOROS, E A MESMA VAI TE ABANDONAR.
        PORTANTO MANX, VOCÊ ME INTERPELOU, E MINHA POSTURA É DE TORCER PELO BOTAFOGO E NÃO FICAR DE BATE BOCAS INÚTEIS NESTE OU EM QUALQUER OUTRO BLOG. POIS DA MANEIRA QUE ALGUNS SE COMPORTAM COM MIMIMIS E OUTRAS RETALIAÇÕES E CRITICAS ENTRE SI, ME PARECE QUE NÃO VALE A PENA FICARMOS DISCUTINDO COMO SE FOSSEMOS TORCEDORES DE CLUBES DIFERENTES E ESTIVÉSSEMOS NOS DEGLADIANDO POR CAUSA DISSO.
        A MIM PARECE QUE TODO TORCEDOR DO MESMO CLUBE DESEJA O SUCESSO DO MESMO, E NÃO AO CONTRÁRIO.
        E QUANTO AS CIFRAS DAS DÍVIDAS MENCIONADAS POR VOCÊ, SUA FRASE DIZ APROXIMADAMENTE R$ 731,1 MILHÕES. OU SEJA, AO MESMO TEMPO UM VALOR PRECISO NAS CASAS DECIMAIS PARA UMA DÍVIDA APROXIMADA????
        JÁ OUVI TODO TIPO DE VALOR DE DIVERSOS LADOS QUE SE CONSIDERAM CAPAZES DE CALCULAR A DÍVIDA REAL DO BFR, PORÉM SEM DEMONSTRAR NENHUMA AUDITORIA RECONHECIDA E SÉRIA. E OS DEMAIS CLUBES DO BRASIL, SERÁ QUE OS VALORES SÃO MUITO DIFERENTES DESTES???
        OUTRA COISA MANX, VALOR DE DÍVIDA SÓ INCOMODA QUANDO O VALOR DAS RECEITAS SÃO INCOMPATÍVEIS COM AS MESMAS. SE AMBAS SE COADUNAM, QUAL O PROBLEMA??? OU VOCÊ ESQUECEU QUE A DÍVIDA BRASILEIRA É IMPAGÁVEL???
        ENTÃO SE OS GERENTES QUE ADMINISTRAM A INSTITUIÇÃO BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS JÁ SABIAM QUE O CLUBE ESTAVA NESTAS CONDIÇÕES DIFÍCEIS ANTES DE ASSUMIREM UMA CANDIDATURA AOS CARGOS DE DIRETORIA DA INSTITUIÇÃO, ENTÃO TAMBÉM DEVERIAM TER PENSADO SE SERIAM CAPAZES DE ADMINISTRAR E MODIFICAR ESSE QUADRO DESCRITO POR VOCÊ, E JAMAIS DEPOIS DE ELEITOS FICAREM DE MÃOS ATADAS A ESSAS DÍVIDAS, E SEM REAÇÃO DIANTE DE UMA REALIDADE ASSUSTADORA.
        QUE NÃO TIVESSEM SE CANDIDATADO A ASSUMIREM AS RESPONSABILIDADES PARA AS QUAIS NÃO TIVESSEM CONHECIMENTO E CAPACIDADE PARA ENCONTRAREM AS SOLUÇÕES.
        ALÉM DISSO MANX, COMO JÁ FOI DITO, TODAS AS DÍVIDAS DEVEM SER CONTROLADAS, E TRATADAS DE ACORDO COM AS POSSIBILIDADES QUE O DEVEDOR TEM PARA IR EXAURINDO-AS E COLOCANDO O PÉ FORA DA FORMA, NO SEU DEVIDO SAPATO.
        E NÃO ME PARECE QUE SIMPLESMENTE DECLARAR QUE O CLUBE DEVE MUITO, E QUE NÃO FORAM OS ATUAIS ADMINISTRADORES QUE A FIZERAM IRÁ RESOLVER O PROBLEMA. MAS SIM REAGIR DE ACORDO E TOMAREM-SE AS PROVIDÊNCIAS PARA SE CONSEGUIR CHEGAR AS SOLUÇÕES NECESSÁRIA.
        E COMO TAMBÉM JÁ DITO, AS SOLUÇÕES PARA SE DEBELAR QUALQUER DÍVIDA É PAGÁ-LAS E DE ACORDO COM AS POSSIBILIDADES DE GERAÇÃO DE RECEITAS DO DEVEDOR. ENTRE OUTRAS PROVIDÊNCIAS CONTROLAR AS DESPESAS, PRINCIPALMENTE AS DESNECESSÁRIAS, POIS UMA FORMA DE SE GERAR RECEITAS É CORTANDO DESPESAS/GASTOS, NOTADAMENTE OS DESNECESSÁRIOS E SUPÉRFLUOS.
        E DAÍ PASSAR A ESTIMULAR DE MANEIRA ADEQUADA A METODOLOGIA DE GERAÇÃO DE CAIXA/RECEITAS/FATURAMENTO, COMO SE PREFERIR DENOMINAR.
        POIS AO SE IDENTIFICAR OS ADEQUADOS MODOS OPERANDIS DO DEVEDOR EM QUESTÃO, INICIA-SE UM POSSÍVEL RECUPERAÇÃO DAS ENTRADAS DE RECURSOS E QUE NÃO CONTINUEM SENDO DESVIADOS DA INSTITUIÇÃO COMO ERAM ANTES.
        MAS PARA SE GERAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS PARA ENFRENTAR GRANDES DÍVIDAS, TEM QUE SE PENSAR GRANDE, E DESSE MODO E COM CRIATIVIDADE TRAZER INVESTIDORES E PATROCINADORES, DISPOSTOS A COLOCAR SOMAS IMPORTANTES DE DINHEIRO NO CLUBE, E DESSA MANEIRA SE CONSEGUE RESTABELECER O AUTO-RESPEITO, QUE IRÁ CONTAMINAR AOS DEMAIS. POIS SE VOCÊ NÃO ACREDITA EM VOCÊ MESMO, QUEM IRÁ ACREDITAR??? É POR AÍ MANX, NÃO DESDENHE A QUEM VOCÊ NÃO CONHECE OU TERÁ QUE CONTINUAR RECEBENDO ESSES TIPOS DE RESPOSTAS.

        • Manx

          TORCEDOR DO BOTAFOGO

          VEJA TODOS OS POSTS

          Quarta-feira, 28/01/2015 às 21:39 por Thiago Franklin

          Carlos Eduardo Pereira “Não terei vergonha nenhuma em levar a taça da Série B para General Severiano”

          Por Thiago Franklin

          Posse do presidente Carlos Eduardo Pereira e vice presidentes em General Severiano

          Carlos Eduardo Pereira assumiu o Botafogo dia 27 de novembro do ano passado para o triênio 2014 – 2016. Sua tarefa será uma das mais complicadas: Conseguir devolver confiança e a credibilidade perdida pelo clube no ultimo ano.

          Carlos Eduardo é casado, tem 56 anos e trabalha em uma empresa de empreendimento comercial. Sócio benemérito do Botafogo desde 1994, essa foi a segunda vez em que ele se candidatou para presidente do Botafogo.

          Por enquanto, seu mandato tem agradado boa parte da torcida alvinegra.

          Batemos um longo papo com o presidente.

          Thiago Franklin – Presidente, todos nós sabíamos que o buraco onde o Botafogo se encontrava era bem fundo. Dia 27 de novembro de 2014, o senhor assumiu o clube. Hoje, em meados de janeiro, você pode dizer, qual é o tamanho dele? Sabemos o quanto de areia precisamos para fechá-lo?

          Carlos Eduardo Pereira – Ainda não tem como saber o tamanho do buraco, não tivemos como mergulhar fundo. Os problemas da superfície que aparecem em nosso dia a dia são gigantes.

          Thiago Franklin – Quais são esses problemas do dia a dia?

          CEP – O primeiro problema que identificamos assim que chegamos foi a questão do Ato Trabalhista. O clube sofria muitas penhoras e nossas receitas estavam bloqueadas. Esse era apenas um pedaço do problema. Outro grande problema eram as execuções fiscais. O Botafogo começou a aderir ao REFIS – Programa de Recuperação Fiscal, um pouco antes das eleições. A primeira parcela foi paga com o adiantamento de cotas de televisão. A segunda e terceira foram pagas com a ajuda de investidores alvinegros. Assumimos o clube dia 27, faltando dois dias para o vencimento da quarta parcela. Analisando a situação, vimos que o clube possuía recursos bloqueados por execuções ligadas à fazenda. Os valores eram superiores aos que a gente tinha a pagar. Ao invés do clube contrair novas divida com novos empréstimos, resolvemos entrar com um pleito no sentindo de fazer uma compensação, um acerto de contas daquele montante já penhorado, convertendo esse o para a união e com isso abatendo nossa divida, tanto na complementação de nossa entrada da adesão ao REFIS, quanto nas primeiras parcelas. Já encontramos com o ministro Luis Inácio Adams, da AGU e vamos encontrar o Ministro Joaquim Levi da Fazenda, para dar prosseguimento em nossa tentativa. Ainda temos os parcelamentos pendentes da TimeMania. Quando assumimos o clube devíamos oito parcelas. Conseguimos pagar seis, ficando com duas em aberto. No final do mês estaremos novamente com três em atraso. Temos também um parcelamento do Banco Central que estamos chegando ao terceiro mês de atraso. Inclusive recebemos uma notificação com risco de exclusão do parcelamento pelos atrasos. Por incrível que pareça ainda temos alguns recursos para receber das negociações de Andrezinho e do Felype Gabriel. Cada dia uma nova surpresa aparece. Mas o dinheiro que é bom, estamos na expectativa.

          Thiago Franklin – Em valores, o Botafogo precisaria de quanto para quitar imediatamente essas dividas?

          CEP – Nossa divida trabalhista e mais fácil de saber. Devemos aproximadamente 150 milhões de reais. Em relação ao REFIS faltam aproximadamente 5.7 milhões de reais para a quitação de nossa entrada. Depois faltarão cento e oitenta prestações de 780 mil reais. Teremos um comprometimento muito grande de nossas receitas em parcelamento de dividas.

          Thiago Franklin – Podemos chamar essa divida de “herança maldita” de seus antecessores?

          CEP – Eu arrisco dizer que é muito complicado tratar essa divida como pagável dentro dos princípios tradicionais. Quando o governo federal determina fórmulas de pagamento, elas são muito engessadas. O tratamento dado aos clubes é o mesmo para empresas privadas. Os objetivos e necessidades são completamente diferentes. Acho que deveria ter algum tipo de diferenciação no momento da emissão dessas medidas. O assunto está em debate com a lei de responsabilidade do esporte, que com as devidas contrapartidas sejam colocadas em prática.

          Thiago Franklin – O Botafogo não corre o risco de ficar fora do REFIS, caso o pedido do clube não seja aceito?

          CEP – É um risco calculado. Existem dois clubes que conseguiram um acordo parecido: Vasco e Atlético Mineiro. Existe também uma manifestação verbal do Ministro Luis Inácio Adams da AGU, confirmando a correção do nosso entendimento, com a proposta que fizemos. Estamos confiantes de nosso pleito ter resultado.

          Thiago Franklin – O clube possui receita para fazer o pagamento dos atletas em fevereiro?

          CEP – O Botafogo possui receitas referentes ao direito de televisão que ainda não recebemos. Estamos esperando a liberação desse valor desde que voltamos ao Ato Trabalhista. O pagamento de atletas e funcionários será feito com esse valor. Não temos dinheiro em caixa, mas temos contratado e garantido. Só falta o trâmite legal da justiça do trabalho para sua liberação.

          Thiago Franklin – Qual a folha salarial do futebol alvinegro?

          CEP – Queremos trabalhar com uma folha salarial de no máximo 2 milhões reais. Ano passado era ela de 4.8 milhões de reais.

          Thiago Franklin – O Botafogo acertou a forma de pagamento da dívida existente com o goleiro Jefferson. E com os outros atletas do elenco, vocês já tiveram alguma conversa para a quitação da dívida em aberto?

          CEP – Vamos sentar e conversar depois que tivermos o aumento de nossas receitas. Até agora só negociamos uma propriedade de nossa camisa. Estamos negociando às outras.

          Thiago Franklin – O Botafogo precisa aproximadamente de quantos milhões de reais para terminar a temporada sem sustos financeiros?

          CEP – O Botafogo precisa de 60 milhões de reais para conseguir completar o ano tranquilo.

          Thiago Franklin – Hoje, quais são as condições do Engenhão? Ele será um importante aliado na busca desses 60 milhões de recurso que o clube precisa?

          CEP – Na reabertura contaremos apenas com a parte inferior das arquibancadas. O entorno do Engenhão está todo em obras. Estamos realizando uma vistoria nas instalações que estão péssimas. Alguns setores do estádio estão em péssimas condições. O Botafogo entregou o estádio em pleno funcionamento. Vou dar um simples exemplo: Hoje todo o nosso sistema de extintores de incêndio está vencido. Para recarregá-los o custo é muito alto. Não temos como bancar isso. Por isso estamos em conversas com a prefeitura e o consórcio das obras para equalizarmos essas despesas. Hoje não temos como avaliar o valor que podemos arrecadar com ele.

          Thiago Franklin – O antigo presidente foi muito criticado pela maneira que tratou o fechamento do Engenhão. O senhor pensa em entrar com uma ação contra a prefeitura?

          CEP – Não temos como fugir dessa medida. Por mais diálogo que temos com o prefeito Eduardo Paes, não podemos ficar apenas nisso. Temos que defender os interesses do Botafogo. Os torcedores podem ter certeza que vamos tomar as devidas proporções.

          Thiago Franklin – Como está o contrato entre Botafogo e Ambev em relação ao Engenhão?

          CEP – Ele venceu dia 31 de dezembro.

          Thiago Franklin – O Botafogo pensa em renovar?

          CEP – Naquele formato não. Tiramos aquelas cadeiras vermelhas a pedido do comitê olímpico e da prefeitura. Nosso departamento de marketing está correndo atrás de novas receitas para o estádio. Uma coisa eu te garanto, sem dúvida nenhuma, não teremos cadeiras vermelhas no Engenhão.

          Thiago Franklin – O Botafogo emprestou ao consórcio que administra o Maracanã, um equipamento que é responsável para ajudar na manutenção do gramado. Esse valor vem entrando nos cofres do clube regularmente?

          CEP – O Botafogo descobriu que essas lâmpadas estavam emprestadas em formato de permuta ao consórcio. Esse valor era abatido no valor que o clube deveria pagar para utilizar o Maracanã. Já estamos resolvendo essa situação e vamos reaver as lâmpadas necessárias para a manutenção do gramado de nosso estádio.

          Thiago Franklin – Um sonho de todos os torcedores alvinegros é ver um Engenhão preto e branco. A caracterização do estádio com as cores do Botafogo foi uma promessa de campanha da Chapa Ouro. Quando a torcida alvinegra poderá ver esse sonho virar realidade?

          CEP – É difícil de fazer essa previsão, nos estamos agora analisando o estádio. O Engenhão agora está tendo muita interseção da prefeitura e do COI. O próximo passo agora para o estádio será a mudança da pista de atletismo. Sugerimos ao prefeito uma pista preta com demarcações brancas. Outra sugestão foi uma paginação do estádio com predominância das cadeiras em branco e com demarcações em preto. Com relação às cadeiras elas só podem ser alteradas com autorização do comitê e elas estão em azul devido a serem as cores da cidade do Rio de Janeiro.

          Thiago Franklin – O Botafogo está negociando o Naming Rights do Engenhão?

          CEP – Estamos tentando. Além de nosso departamento de marketing, temos uma empresa trabalhando na prospecção de parceiros. Hoje um dificultador é a televisão. Ela não fala o nome da empresa que adquiriu o Naming Rights, fala apenas o nome popular.

          Thiago Franklin – O que o senhor acha da divisão de cotas de TV? Ano que vem o Botafogo receberá 110 milhões de reais a menos do que o Flamengo. É outra herança maldita do ex-presidente Mauricio Assumpção?

          CEP – Não tenho a menor duvida que seja. Acredito que uma das piores que ele deixou. Ele foi um dos principais articuladores do final do Clube dos 13. Foi o primeiro a fechar o novo contrato. Os números foram muito ruins para o Botafogo. Criou essa disparidade entre os clubes. Não podemos tratar o futebol como um produto de consumo simples. Uma partida de futebol depende de duas equipes. Uma equipe ganhar 110 milhões a mais do que a outra, como o exemplo dado em relação ao Flamengo, pode atrapalhar o espetáculo. O índice de audiência sofrerá uma queda grave. O torcedor prefere ver um jogo do Flamengo contra o Botafogo ou contra o Tigres do Brasil? Claro que nossos rivais estão muito felizes com essa divisão. Tenho certeza que eles não estão ligando se existirá ou não uma disparidade técnica. Vou sentar e conversar com os presidentes dos outros clubes que estão com essa situação. Temos que ter um novo discurso com a TV. É preciso achar outra saída para a divisão das cotas. Em cinco anos teremos uma disparidade de 550 milhões de reais na arrecadação dos clubes, o que será prejudicial para todos.

          Thiago Franklin – Hoje a divisão das contas do PPV é feita através de uma pesquisa de ibope, o que é algo muito subjetivo. O próprio site do PFC possui um cadastro onde você pode colocar seu time do coração e esse não é utilizado para a verificação dos assinantes. O senhor pensa em propor uma mudança na regra da divisão do PPV?

          CEP – Eu sou assinante do PPV há muito tempo e nunca fui pesquisado. Hoje os critérios realmente são muito subjetivos. Existem maneiras mais complexas para avaliar o time dos assinantes. Vamos conversar também sobre isso.

          Thiago Franklin – Outra promessa de campanha era de que, o Sócio Torcedor irá ter direito ao voto. Para isso acontecer, seria necessária uma mudança estatutária no clube. O senhor acha que na próxima eleição essa promessa será cumprida?

          CEP – O nosso estatuto proíbe que o sócio torcedor vote, então terá que acontecer uma mudança estatutária. Existe uma categoria que é Sócio Contribuinte, nela a pessoa terá uma possibilidade em votar em um ano e frequentar as dependências do clube. E estando em dia poderá ver os jogos do Botafogo como mandante gratuitamente. É uma maneira dos sócios entrarem no clube e poderem votar sem ser Sócio Proprietário. Já em relação ao Sócio Torcedor ele envolve uma série de outros. Estamos trabalhando para uma melhora significativa no plano. Já diminuímos os valores e vamos fazê-lo cada dia ficar melhor. O torcedor poderá optar por um pacote que envolva frequência ao clube e outro pacote que envolva acompanhar de perto o futebol.

          Thiago Franklin – O ex-presidente Carlos Augusto Montenegro prometeu fazer uma oposição ferrenha, porém honesta, ao seu mandato. Como tem sido o Montenegro oposição?

          CEP – Não acredito que o Montenegro faça oposição. Em nossa primeira reunião do conselho deliberativo ele foi muito amável, nos dando uma camisa linda do Nilton Santos que foi para a nossa sala de troféus. Nosso grande desafio será promover a pacificação e a união dentro do clube. Nas eleições do Botafogo, o vencedor tinha tudo e o perdedor nada. Por isso sempre fui oposição, queria buscar essa mudança. Nossa postura vem sendo muito diferente. Nós já contamos com o Clay Salgado que era da chapa do Vinicius Assumpção, com quem estamos também tendo um excelente relacionamento. Estamos conversando também com o Marcelo Guimarães. Tivemos uma excelente conversa com o Durcesio Mello, na última semana. Outra pessoa que era da Chapa Azul e está conosco é o Marco Antonio Tristão. Ele está trabalhando na base com o Renha. O Manoel Renha é uma pessoa ímpar que também está conosco. Esse é o nosso principal desafio. Quero mobilizar todos os grandes botafoguenses que queiram trabalhar pelo bem da entidade. Fui durante muito tempo tratado mal dentro do clube, não quero fazer isso com ninguém. Precisamos aproximar e procurar semelhanças e não divergências.

          Thiago Franklin – Em entrevistas no período eleitoral, o senhor disse que não seria candidato a reeleição. Se houver um clamor da torcida e de conselheiros, sua decisão pode ser mudada?

          CEP – Sou totalmente contra qualquer tipo de reeleição. Um dos temas que vou propor na reforma estatutária é o final da reeleição. Nada impede que o presidente que faça uma boa gestão eleja seu sucessor.

          Thiago Franklin – Como foi o encontro do senhor com o candidato derrotado nas eleições Durcésio Mello? Ele realmente apresentou um projeto para a base e para o ST?

          CEP – Sim, ele nos apresentou em General Severiano. Os projetos são muito bem elaborados. Em termos de organização é muito forte, nos indicou caminhos interessantes. Em algumas coisas já estávamos à frente, principalmente em relação ao ST. O principal é que o mercado veja o Botafogo como um parceiro. como uma boa estruturação, e para isso precisamos de todos juntos.

          Thiago Franklin – O senhor pretende trazer o Durcérsio Mello para trabalhar em sua diretoria?

          CEP – Eu o vejo como um líder da Chapa Azul, um possível colaborador de nossa administração. Acontecendo essa aproximação, podemos e devemos caminhar para esse ponto. Não apenas ele, mas muitas pessoas de qualidade que pertenceram à Chapa Azul possam vir trabalhar conosco. Como eu falei anteriormente, o clube está aberto para todos que desejam ajudar.

          Thiago Franklin – Em entrevista para o nosso blog, o técnico René Simões, disse que ele tinha o meia Zé Roberto como um sonho para essa temporada e que mesmo com todas as dificuldades financeiras ele tinha outra jogador que ele sonhava. O torcedor do Botafogo pode sonhar com um atleta diferenciado para essa temporada?

          CEP – Estamos trabalhando muito na captação de recurso. Estamos com uma operação de crownfunding com o programa #NossoJefferson, ele será um sinalizador do interesse da torcida em ajudar o Botafogo. Os recursos fluindo, podemos pensar em algumas outras ações nesse sentido. Mas de inicio vamos trabalhar com uma política de pés no chão.

          Thiago Franklin – O senhor tem tido uma postura bem interessante como presidente. Já foi visto em redes sociais respondendo e agradecendo os torcedores alvinegros. A torcida pode esperar essa postura em todo período de seu mandato?

          CEP – Com certeza. Esse é o meu lado de conselheiro participativo. Sempre procurei o diálogo. Quando eu puder transmitir qualquer informação sem intermediário, vou fazer. A torcida do Botafogo é nosso maior patrimônio, eles precisam sempre estar informados. O Marcio Padilha vem fazendo um brilhante trabalho no site oficial dando todo o tipo de informação. Espero manter esse contato pelos próximos três anos.

          Thiago Franklin – O torcedor alvinegro provavelmente seja um dos mais críticos e corneteiros que existem. O torcedor Carlos Eduardo teria alguma critica à gestão do presidente Carlos Eduardo Pereira nesses quase dois meses de mandato?

          CEP – O torcedor Carlos Eduardo está dando um voto de confiança ao presidente. Já minha esposa, uma botafoguense fanática me cobra e me dá várias dicas. O torcedor do Botafogo sempre se acostumou com o melhor, por isso é exigente. Durante a campanha fui chamado de candidato retrógrado e de ter pensamentos antigos. Uma coisa eu te adianto, comigo o Botafogo não joga mais todo de branco, é uma afronta para nossa história. Isso eu não admito. Essa vestimenta representa outros clubes, não o Botafogo.

          Thiago Franklin – Presidente, deixe um recado para os mais de três milhões de alvinegros espalhados pelo Brasil.

          CEP – Posso dizer aos botafoguenses que nas vezes que fui ao CEFET, senti uma energia positiva e muita vontade de ajudar o Botafogo vindo dos atletas e da comissão técnica. Tenho certeza que vamos fazer de tudo para apagar o ano de 2014. O Carioca será o primeiro teste, vamos avaliar o plantel. Acredito que ele venha a ter um bom desempenho e que corresponda nossa confiança. Nosso principal é voltar a Série A. Gostaria que os botafoguenses abraçassem nossa equipe. Eles podem nos ajudar a conduzir o Botafogo a boas campanhas no Carioca e na Copa do Brasil. Vamos buscar o titulo da Série B. Não terei vergonha nenhuma em levar a taça da Série B para General Severiano. Diferente de outros clubes eu terei orgulho em dizer que fui Campeão da Série B. Tem que ser motivo de orgulho para todos os botafoguenses, saber que em um momento onde o clube estava desacreditado, ele foi capaz de reunir forças e superar seus obstáculos. A Série B é uma provação que iremos passar e vamos conseguir superá-la. Unidos, o Botafogo e muito mais forte.

          E VOCÊ TORCEDOR ALVINEGRO, O QUE ACHOU DAS DECLARAÇÕES DE NOSSO PRESIDENTE?

          Twitter @_thiagofranklin

        • Manx

          Manx Peter • 18 horas atrás

          GoiásF, vamos encerrar com esse MIMIMI . Faça seus comentários que eu faço os meus. Você respeita os meus comentários que respeitarei os seus. Portanto que você não se direcione a minha pessoa que eu farei o mesmo com vc. Quanto ao Peter, vão os dois fazer AMOR lá nos CONFINS DO INFERNO !!! VÃO OS DOIS COMENTAR SUAS VEADAGENS LÁ NOS RAIOS QUE OS PARTAM !!! VÁ O SENHOR E O F.D.P. DO PETER, OS DOIS TOMAR NO FUNDO DA CAIXA PREGO !!!

          Atenciosamente: MANX, O BONITÃO !!!

  • BOTAFOGONOMULAMBO1975

    MANX KKKKK ESSE NÃO E BOTAFOGUENSE, COM CERTEZA, AUTENTICO FOFOQUEIRO.

    • Manx

      ???

  • Bira Fogão

    As intrigas da imprensa maldita em relação ao Botafogo não param.
    Há três dias os vendidos anunciaram o interesse do gambá no Sassá. Hoje estão falando do interesse do bâmbi no Aírton.
    O engraçado é que não dizem nada sobre interesse do Íbis no Renan Fonseca e no GG.

    • Peter

      Maravilha!!! Quem foi que disse que tem alguém querendo nessa íngua desse Aírton bichado? Não vi nada disso. De qualquer maneira, se o São Paulo quiser, pode levar. Vai nos fazer um imenso favor, tal qual fizeram quando levaram o Ricardo Gomes embora.

      • Manx

        O cara acima te ignora, mesmo assim o senhor não larga as bolas do cara. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
        OTÁRIO!!!

  • Bira Fogão

    O Botafogo está interessado no Messi. O Barcelona só aceita negócio se incluírem o GG e o Lízio na transação.
    O Neymar foi oferecido ao Fogão mas esse não interessa por enquanto.

    • Irmão Bira,
      Se é verdade pode deixar os nossos craques irem embora!
      E eu até ajudarei com uns trocados, talvez uns 500 ou 600 milhões.
      Não quero Neymar aqui!
      Pode trazer o Messi para aprender com os melhores!

  • Paulo Morgado

    Um time anunciar interesse por esse ou aquele jogador do Botafogo é normal, faz parte do mercado do futebol.
    Cabe ao jogador ponderar o que ele ganhou profissionalmente no Botafogo e a ganância do seu empresário.
    Mas o Botafogo está voltando a ter dinheiro em caixa e fazendo contratos mais fechados, o que tem dificultado o assédio dos outros clubes.
    Espero que quem venha a sair do Botafogo, seja por deficiência técnica.

MaisRecentes

Crise política breca MP que isenta atletas de cobrança previdenciária



Continue Lendo

Romário enviará relatório da CPI do Futebol ao Ministério Público da Espanha



Continue Lendo

Federação Paulista nomeia empresário como vice-presidente



Continue Lendo