Cacá Cardoso deve seguir como candidato à presidência do Fluminense



Cacá Cardoso deve continuar como candidato à presidência do Fluminense. A confirmação está prevista para semana que vem, mas o cenário atual é o da saída de Pedro Trengrouse, com quem Cacá anunciou fusão na corrida eleitoral tricolor. A coluna apurou que Trengrouse, no momento em viagem à Europa, está decepcionado com o processo eleitoral, sobretudo porque entende que o presidente Peter Siemsen está usando “a máquina” para promover o candidato Pedro Abad.

Peter Siemsen, de fato, entrou de cabeça na campanha em prol da eleição de Abad. Amanhã à noite, inclusive, os dois estarão em um evento em Teresópolis para falar das propostas para o futuro do Flu. O candidato Mario Bittencourt fez queixa similar, alegando a existência de “vantagens“ para a Abad por causa do cargo de Peter, que anunciou no lançamento da candidatura a assinatura de memorando de entendimentos para aquisição de um terreno na Barra para construção de estádio.

O Fluminense não vai se manifestar oficialmente sobre as acusações do “uso da máquina” na eleição.



MaisRecentes

Lei de Incentivo ao Esporte tem quase 4 mil processos com prestação de contas pendente



Continue Lendo

Federação Baiana inicia vistoria em estádios para o Estadual de 2018



Continue Lendo

Clube gaúcho é investigado por impedir estudo de atletas da base



Continue Lendo