Cacá Cardoso deve seguir como candidato à presidência do Fluminense



Cacá Cardoso deve continuar como candidato à presidência do Fluminense. A confirmação está prevista para semana que vem, mas o cenário atual é o da saída de Pedro Trengrouse, com quem Cacá anunciou fusão na corrida eleitoral tricolor. A coluna apurou que Trengrouse, no momento em viagem à Europa, está decepcionado com o processo eleitoral, sobretudo porque entende que o presidente Peter Siemsen está usando “a máquina” para promover o candidato Pedro Abad.

Peter Siemsen, de fato, entrou de cabeça na campanha em prol da eleição de Abad. Amanhã à noite, inclusive, os dois estarão em um evento em Teresópolis para falar das propostas para o futuro do Flu. O candidato Mario Bittencourt fez queixa similar, alegando a existência de “vantagens“ para a Abad por causa do cargo de Peter, que anunciou no lançamento da candidatura a assinatura de memorando de entendimentos para aquisição de um terreno na Barra para construção de estádio.

O Fluminense não vai se manifestar oficialmente sobre as acusações do “uso da máquina” na eleição.



MaisRecentes

Crise política breca MP que isenta atletas de cobrança previdenciária



Continue Lendo

Romário enviará relatório da CPI do Futebol ao Ministério Público da Espanha



Continue Lendo

Federação Paulista nomeia empresário como vice-presidente



Continue Lendo