Cresce lobby por aumento do repasse das empresas à Lei de Incentivo ao Esporte



O aumento do repasse de verba por parte das empresas à Lei de Incentivo ao Esporte ganhou força nesta semana durante audiências na Câmara dos Deputados. O lobby feito por parlamentares e representantes de entidades esportivas é que o percentual deduzido do imposto devido pelas empresas passe de 1% para 3%, conforme prevê Projeto de Lei que tramita no Congresso, em emenda proposta pelo deputado Diego Garcia (PHS-PR).

“A proposta já está na mesa do presidente (Rodrigo Maia) e só falta ele colocar na pauta”, afirmou o ex-goleiro e deputado Danrlei (PSD-RS), que foi o relator do documento.

A mudança no percentual da Lei de Incentivo ao Esporte foi debatido ontem em sessão da Comissão do Esporte da Câmara que tratou da elaboração do Plano Nacional do Esporte. Um dia antes, o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, também foi questionado sobre o assunto em audiência da Comissão e se mostrou favorável à alteração.

O principal argumento para a alta deve-se ao montante disponível que não é utilizado. No ano passado, apenas R$ 237,5 milhões foram captados de um total de R$ 608 milhões.



MaisRecentes

STJD nega pedido do Vasco de efeito suspensivo em perdas de mando



Continue Lendo

Técnicos articulam pela redução de demissões no Brasil. Alguns cogitam até ‘boicote’



Continue Lendo

Dirigente do Flu reconhece excesso de jovens no elenco: ‘Ideal é ter mescla’



Continue Lendo