Confederação de rúgbi adota novo modelo de gestão



A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) passará a ter um novo modelo de gestão a partir de janeiro de 2017, quando deixará o regime presidencialista para adotar uma gestão colegiada.

Neste novo modelo, as decisões serão tomadas por um Conselho de Administração cujos 12 membros foram eleitos em assembleia há 10 dias. Dessa composição, cinco são membros independentes que foram eleitos por um Comitê e de onde sairá o presidente do órgão, em janeiro.

Além deles, há outros cinco membros da base que foram escolhidos por federações e clubes com direito a voto, além de representantes dos atletas e dos árbitros eleitos em votação aberta. (veja abaixo)

O mandato irá até dezembro de 2020 e as decisões terão apoio de um Conselho Consultivo, que será comandado pelo atual presidente, Sami Arap Sobrinho. Já a gestão executiva e operacional da entidade será feita por um CEO, que continua sendo Agustin Danza.

Veja abaixo os 12 membros eleitos para compor o Conselho Administrativo.

Membros Independentes:
Eduardo Mufarej
Jean-Marc Etlin
João Mourinha
Martin Jaco
Rogério Calderon

Membros da Base:
Aluisio Dutra
Damon Freeman
Douglas Lara
Fabian Maggiori
Giancarlo Bistrot

Membro representante dos Atletas:
Edis Abrantes

Membro representante dos Árbitros: 

Mariano de Goycochea



MaisRecentes

Seleção de Tite dá melhores índices de audiência à Globo que equipe de Dunga



Continue Lendo

Após desistir do Maracanã, parceira do Flamengo irá atuar no Allianz Parque



Continue Lendo

‘Serão 6,5 mil testes este ano’, diz presidente da comissão antidoping da CBF



Continue Lendo