Aumento da Libertadores faz dirigente sonhar com vaga para Copa do Nordeste



A decisão da Conmebol de aumentar de cinco para sete times brasileiros na Libertadores a partir da próxima temporada tem feito dirigentes sonharem com uma redistribuição das vagas. Apesar da CBF ter confirmado que neste ano os representantes do país serão os seis primeiros colocados do Brasileirão e o campeão da Copa do Brasil, o presidente da Federação Baiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues, acredita que uma das vagas possa passar, futuramente, para a Copa do Nordeste.

– Com o aumento dos clubes, algumas estratégias podem ser elaboradas para a distribuição das vagas – afirmou o dirigente baiano, que tem forte influência na CBF. Rodrigues foi um dos representantes da entidade na eleição da Fifa, em fevereiro, e integra o Comitê de Reforma da CBF.



  • Raider Lopes Martins

    Na verdade a lógica seria colocar uma vaga ao vice da Copa do Brasil e as demais no Brasileiro. Duas em uma e quatro na outra. Achei um exagero 6 vagas para uma competição só.

    Mas como se diz, a ordem é ampliar e a qualidade da competição vai lá pra baixo.

    • rodrigo

      o melhor seria dar uma vaga para o campeao do primeiro turno do brasileirao e outra para o campeao do segundo turno, isso aumentaria a disputa

      • Raider Lopes Martins

        Não teria necessidade, pois iria contra a lógica do campeonato, onde a classificação para as competições internacionais vai da campanha do todo e não de uma parte. É quase a mesma coisa do primeiro colocado de um estadual ter vaga em uma competição como Copa do Brasil….. sem nexo.

MaisRecentes

Governo perdoa mais de R$ 1 bilhão em dívidas fiscais com Profut



Continue Lendo

Votação da Lei Geral do Futebol é adiada na Câmara



Continue Lendo

Comissão apresenta projetos da arbitragem, clubes só querem saber de punição



Continue Lendo