Até a CBF estranha enfraquecimento da educação física e faz contato com ministro



Até a CBF, que tem boas relações com o presidente Michel Temer, ficou surpresa com o anúncio da mudança na grade curricular do Ensino Médio, que deixa de ser obrigatória a educação física. O fortalecimento da disciplina esteve nos discursos institucionais da entidade nos últimos meses, especialmente como ferramenta para fortalecer a formação de jogadores.

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, inclusive, entrou em contato com o ministro da Educação, José Mendonça Filho, ressaltando o desejo da cúpula da entidade em contribuir para a prática esportiva nas escolas. O ministro respondeu dizendo que estaria disponível para uma visita e conversa sobre o tema.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo