Até a CBF estranha enfraquecimento da educação física e faz contato com ministro



Até a CBF, que tem boas relações com o presidente Michel Temer, ficou surpresa com o anúncio da mudança na grade curricular do Ensino Médio, que deixa de ser obrigatória a educação física. O fortalecimento da disciplina esteve nos discursos institucionais da entidade nos últimos meses, especialmente como ferramenta para fortalecer a formação de jogadores.

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, inclusive, entrou em contato com o ministro da Educação, José Mendonça Filho, ressaltando o desejo da cúpula da entidade em contribuir para a prática esportiva nas escolas. O ministro respondeu dizendo que estaria disponível para uma visita e conversa sobre o tema.



MaisRecentes

Fla transmite à Conmebol o interesse do Rio em sediar possível final única da Libertadores



Continue Lendo

Corte? Lucas Lima em pauta na reunião da comissão técnica da Seleção



Continue Lendo

Flamengo tem campanha de sócio-torcedor suspensa por órgão



Continue Lendo