STJD tem sessão agitada e com ‘chicotada’ em dirigente



A sessão desta quarta-feira da 3ª Comissão Disciplinar do STJD foi “animada”. Debates e discussões foram intensos, com direito a aumento no tom.

O episódio mais marcante foi logo no primeiro processo da pauta. Tudo porque o diretor jurídico da Chapecoense, Luis Sérgio Grochot, não se apresentou como tal, dizendo que era prestador de serviços de segurança. Mas o procurador fez rápida busca na internet e desmascarou o dirigente.

Os auditores “desceram o chicote” no diretor do clube. O advogado Martinho Miranda ouvia constrangido. A Chape acabou perdendo dois mandos de campo .

Teve ainda debates acalorados em processos seguintes, como entre o advogado Osvaldo Sestário e o auditor Jurandir Ramos e também entre o auditor Otacílio Araújo e o advogado do Santos, Marcio Andraus.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo