Combate ao cambismo envolve PM’s à paisana na Rio-2016



A PM do Rio colocou um grupo de oficiais à paisana próximo às entradas da Rio-2016 para tentar combater a venda ilegal de ingressos. No último final de semana, 15 policiais atuaram na frente do Parque Olímpico usando apenas bermudas e chinelos, e sem qualquer identificação do órgão de segurança.

Até às 16h da tarde deste domingo, dois cambistas (um brasileiro e um chileno) foram presos na passarela que liga o Parque Olímpico à estação do BRT. Eles responderão pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e evasão de divisas por se tratar de um evento internacional.

Além da iniciativa da PM, o esquema para combater o cambismo de ingressos da Rio-2016 também envolve a Guarda Municipal e a Polícia Federal. Mas apesar das ações, muitos cambistas atuavam livremente no domingo em frente às bilheterias do Parque Olímpico.



MaisRecentes

Levir Culpi x Fluminense: processo vira segredo de Justiça



Continue Lendo

Copa América-2019: Impasse contratual aumenta atraso na organização



Continue Lendo

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo