Nuzman aguarda definições da Odepa para se candidatar à presidência da entidade



O presidente do COB e do Comitê Rio-2016, Carlos Arthur Nuzman, pretende se candidatar a presidente da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), responsável pelos Jogos Pan-Americanos e que reúne os comitês olímpicos nacionais da região. Mas segundo a coluna apurou, há duas questões que ainda podem fazer o dirigente brasileiro desistir do cargo: o formato das eleições, como data e modelo de escolha do novo presidente; e os novos rumos que a entidade irá tomar após os Jogos Rio-2016.

O fato da Odepa ter, atualmente, um presidente interino, o uruguaio Julio César Maglione, após ser comandada por 40 anos pelo mexicano Mario Vázquez Raña, que faleceu no ano passado, deixa interrogações quanto a política da entidade nos próximos anos. Esse novo cenário envolve também mudanças no atual estatuto da Odepa. A eleição para a escolha do novo presidente ocorrerá ainda este ano.

Consultado sobre a intenção de Nuzman se candidatar a presidente da Odepa, o COB, através de sua assessoria de imprensa, afirmou apenas “não ter essa informação”. O dirigente está à frente da entidade há 16 anos.



MaisRecentes

Levir Culpi x Fluminense: processo vira segredo de Justiça



Continue Lendo

Copa América-2019: Impasse contratual aumenta atraso na organização



Continue Lendo

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo