Sem troco, Rio-2016 pode ser autuada pelo Procon



O Comitê Rio-2016 poderá ser autuado pelo Procon Estadual do Rio por conta da venda de produtos sendo realizada apenas por cartão de crédito ou débito dentro do Parque Olímpico. O fato não ocorre em todos estabelecimentos mas há várias lanchonetes dentro do principal local das Olimpíadas que não têm aceitado dinheiro para efetivar a compra dos itens. Segundo o Procon, nenhuma reclamação foi feita mas, caso seja realizada, o órgão irá “tomar as providências cabíveis junto aos organizadores”.

Dentro dos locais oficiais da Rio-2016, as compras com cartão só são aceitas com os da bandeira Visa, como é praxe em grandes eventos por conta do patrocinador. O Procon diz que a organização é livre em escolher a marca para as transações, mas que “o único meio de pagamento que os estabelecimentos são obrigados a aceitar é o dinheiro”. Ainda de acordo com o órgão, a autuação só é realizada após alguma reclamação por parte do consumidor, o que não ocorreu até o momento.

Segundo o Comitê Rio-2016, alguns pontos de venda de alimentação dentro do Parque Olímpico tiveram dificuldades com o troco e não puderam aceitar a venda de produtos em dinheiro. E que um esforço de logística com 100 pessoas foi realizado e que ontem as vendas com dinheiro já foram resolvidas.



MaisRecentes

STJD nega pedido do Vasco de efeito suspensivo em perdas de mando



Continue Lendo

Técnicos articulam pela redução de demissões no Brasil. Alguns cogitam até ‘boicote’



Continue Lendo

Dirigente do Flu reconhece excesso de jovens no elenco: ‘Ideal é ter mescla’



Continue Lendo