Repelente expõe desorganização nos Jogos Rio-2016



A desorganização da Olimpíada no Rio de Janeiro têm ocorrido até nas coisas mais simples, como um repelente de mosquitos. Por conta da polêmica com o zika vírus, que chegou a afastar vários atletas do evento, o próprio Comitê Rio-2016 incluiu o produto na mochila que foi entregue como brinde aos jornalistas.

Entretanto, algumas instalações olímpicas, como é o caso da Riocentro – Pavilhão 2, os seguranças que atuavam no acesso ao local não deixavam entrar com o produto, diferente do que ocorreu no dia anterior. E afirmavam que entregaria o repelente de volta na saída. Quem tentou pegar o repelente depois teve dificuldades. Após insistência, ainda viu funcionários retirarem o produto de dentro de uma lata de lixo.

Mas já no Parque Olímpico, local que concentra a maior parte das disputas olímpicas, a entrada do repelente foi permitida sem qualquer questionamento da segurança que trabalhava no local.

Com Bernardo Cruz



MaisRecentes

Eurico exalta árbitro de vídeo no Brasileiro: ‘Antes tarde do que nunca’



Continue Lendo

Del Nero exige que Brasileirão tenha árbitro de vídeo na próxima rodada



Continue Lendo

Vice do Flamengo fala sobre estádio e garante: ‘Não vamos fazer loucuras’



Continue Lendo