Sem relatório, CPI da Máfia do Futebol é encerrada. Mas pode voltar



Os membros da CPI da Máfia do Futebol foram pegos de surpresa nesta quinta-feira, 21, ao ficarem sabendo que a Comissão que investiga crimes cometidos no futebol brasileiro foi encerrada sem nem mesmo ter apresentado um relatório sobre os trabalhos.

O fato ocorreu, pois, segundo a secretaria da CPI, era esperado que os 120 dias de prazo para as investigações se encerrassem no próximo dia 03 de agosto por conta do período de recesso parlamentar, o que não ocorreu. Dessa forma, a CPI termina sem nem mesmo apresentar um relatório sobre as investigações realizadas.

Sabendo da aproximação da data final dos trabalhos, o presidente da CPI da Máfia do Futebol, o deputado Laudívio Carvalho (SD-MG), chegou a solicitar a prorrogação da Comissão por 60 dias ao ex-presidente da Câmara, Waldir Maranhão, que chegou a aceitar a solicitação mas revogou sua decisão um dia depois.

Um novo pedido já foi entregue ao novo presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os membros agora aguardam uma decisão sobre a prorrogação ou não das investigações. No site da Câmara, entretanto, a CPI da Máfia do Futebol é dada como encerrada.

– O presidente da CPI (Laudivio Carvalho) pediu pra protocolar, mas está na mesa do presidente da Câmara. É a informação que o presidente da Comissao me passou mais cedo – comentou à coluna o deputado Roberto Góes, que é presidente da Federação Amapaense de Futebol (FAF) e que é membro da Comissão.

Segundo apurou a coluna, mesmo que a prorrogação dos trabalhos não seja concedida pelo presidente da Câmara há a intenção dos deputados de tentarem criar uma nova CPI para concluírem os trabalhos de investigação sobre o futebol brasileiro.



  • carlos castilho saraiva

    Concluir trabalho de que, se nada foi feito. E o roubo continua, e os torcedores na verdade uns otários, continuam a se matar por tão pouca coisa. Vide o exemplo do Botafoguense espancado até a morte pelos molambos.Vestir camisa de clube em dias de jogos é um atentado a vida.

MaisRecentes

Agência irá recorrer de decisão que tirou campanha do Flamengo do ar



Continue Lendo

CBF manda representante para Salvador para acompanhar arbitragem da final da Copa do Nordeste



Continue Lendo

Sindicato cria norma para repassar direito de arena a atletas em até 5 anos



Continue Lendo