Sem recursos da Lei de Incentivo, filho de Abílio Diniz banca projeto esportivo do próprio bolso



A baixa participação da iniciativa privada em projetos esportivos é sempre citada no país quando o assunto é a Lei de Incentivo. E até quem tem proximidade com o mundo corporativo tem dificuldades em captar recursos através da lei. Esse é o caso de João Paulo Diniz, filho do empresário Abílio Diniz, que tem uma equipe de ciclismo composta por 20 atletas (16 homens e quatro mulheres).

O orçamento anual da equipe, segundo o próprio dono da iniciativa, é de R$ 5 milhões por ano. Por meio da norma que capta recursos através da dedução de 6% do imposto pago pelas empresas, ele tenta viabilizar R$ 2,7 milhões, mas não tem tido sucesso na iniciativa.

Os únicos apoiadores do projeto são a rede de supermercados Carrefour e a instituição de ensino Funvic. Ao menos neste caso, a falta de recursos através da lei não tem sido um problema para manter o projeto em andamento.

– A dificuldade de obter apoio tem sido muito grande e tenho bancado 80% do projeto do meu bolso – comentou Diniz à coluna durante o 6º Fórum Nacional do Esporte.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo