Sem recursos da Lei de Incentivo, filho de Abílio Diniz banca projeto esportivo do próprio bolso



A baixa participação da iniciativa privada em projetos esportivos é sempre citada no país quando o assunto é a Lei de Incentivo. E até quem tem proximidade com o mundo corporativo tem dificuldades em captar recursos através da lei. Esse é o caso de João Paulo Diniz, filho do empresário Abílio Diniz, que tem uma equipe de ciclismo composta por 20 atletas (16 homens e quatro mulheres).

O orçamento anual da equipe, segundo o próprio dono da iniciativa, é de R$ 5 milhões por ano. Por meio da norma que capta recursos através da dedução de 6% do imposto pago pelas empresas, ele tenta viabilizar R$ 2,7 milhões, mas não tem tido sucesso na iniciativa.

Os únicos apoiadores do projeto são a rede de supermercados Carrefour e a instituição de ensino Funvic. Ao menos neste caso, a falta de recursos através da lei não tem sido um problema para manter o projeto em andamento.

– A dificuldade de obter apoio tem sido muito grande e tenho bancado 80% do projeto do meu bolso – comentou Diniz à coluna durante o 6º Fórum Nacional do Esporte.



MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo