Com recuo de paulistas, Vasco adota postura mais observadora sobre Liga Sul-Americana



O Vasco não irá à reunião da Liga Sul-Americana por questões logísticas, mas a ausência virá a calhar para a postura do clube em relação à formação do bloco de clubes. O recuo dos clubes paulistas – depois de uma mobilização do presidente da Federação Paulista, Reinaldo Carneiro Bastos, que também é dirigente da CBF e tem cargo na Conmebol – fez com que o Cruz-Maltino adotasse uma postura mais observadora em relação ao futuro da Liga. No entanto, isso não quer dizer que a possibilidade de adesão do Vasco esteja descartada.

Como os paulistas não irão ao encontro desta terça-feira em Montevidéu e, além do Vasco, o Botafogo também não enviará representante, o Brasil só será representado por seis clubes.

Reinaldo bem que tentou articular com outros para diminuir ainda mais essa representação. O presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, contou que o dirigente tentou marcar um jantar com ele no Rio, mas o encontro ficou para outra ocasião. Bandeira de Mello, do Flamengo, diz que tem “contato frequente” com Reinaldo, sobre “diversos assuntos”.



MaisRecentes

Caso vire empresa, investidores podem quitar dívida do Botafogo em até cinco anos



Continue Lendo

Conselheiros do Vasco vão pedir explicação formal a Campello sobre recusa a novos sócios



Continue Lendo

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo