Regra que limita postagens nas redes sociais durante a Rio-2016 preocupa confederações



As confederações nacionais e as assessorias de imprensa dos atletas que irão aos Jogos Rio-2016 estão preocupadas com o artigo 40 da Carta Olímpica, que diz respeito ao uso da imagem dos competidores durante a Olimpíada. Apesar de terem seus patrocinadores pessoais, eles não podem fazer propagandas de outras marcas que não sejam dos parceiros oficiais dos Jogos.
O período da restrição vai além do evento e tem início no dia 24 deste mês e término três dias após os Jogos Olímpicos. Por conta desse artigo, por exemplo, os atletas não podem divulgar vídeos na internet com imagens de dentro da Vila Olímpica.
Como a Olimpíada deste ano será no Brasil, a preocupação tem sido maior por conta da facilidade dos organizadores detectarem algum equívoco por parte dos atletas brasileiros.
Veja abaixo as restrições da Regra 40 da Carta Olímpica.
– Os atletas não podem fazer papel de repórteres (entrevistas e imagens nas arenas olímpicas);
– Atletas não podem se associar a marcas não oficiais;
– Atletas só podem narrar histórias em primeira pessoa (diário);
– Atletas estão terminantemente proibidos de postar vídeos;
– Atletas não podem comercializar fotos.
Colaborou Guilherme Cardoso


MaisRecentes

Clubes citam preocupação com uso de vídeo sem testes na Libertadores



Continue Lendo

Apfut ajusta regra que trata de antecipação de receitas



Continue Lendo

CBF quer iniciar em agosto concorrência pelos direitos de TV da Seleção



Continue Lendo