Perto de perder quinto profissional para a CBF, diretoria do Corinthians se revolta



O convite da CBF para o preparador físico Fábio Mahseredjian fazer parte integralmente da comissão técnica da Seleção Brasileira revoltou dirigentes do Corinthians. A avaliação da diretoria corintiana é que o profissional não precisa ficar todo o tempo na equipe brasileira e pode dividir as funções entre clube e Seleção, como ocorre atualmente.

Caso deixe o Corinthians e passe a atuar apenas para a CBF, Mahseredjian será o quinto profissional da comissão técnica corintiana a deixar o clube rumo à Seleção Brasileira em apenas um mês. Além do técnico Tite, que assumiu o comando da equipe nacional, também saíram os auxiliares Cleber Xavier e Matheus Bacchi, e o gerente de futebol Edu Gaspar.

Diretores corintianos avaliam ainda que o ideal é que a CBF tire Mahseredjian do clube apenas no final do ano, já que a equipe brasileira terá poucos compromissos até dezembro. A definição sobre a ida ou não do preparador físico para a Seleção deve ocorrer ainda esta semana.

Colaborou Gabriel Carneiro



MaisRecentes

Benemérito do Vasco reclama de obstrução da secretaria para regularizar sócio



Continue Lendo

Vasco fecha com novo patrocinador até o final da temporada



Continue Lendo

Tour da Arena Corinthians já recebeu mais de 100 mil visitantes



Continue Lendo