Clubes pedirão mudança no estatuto da CBF para participar das decisões no futebol



Os 40 clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro enviarão uma carta à CBF pedindo mudanças no estatuto da entidade para que seus dirigentes possam participar mais das decisões relacionadas ao futebol brasileiro. O documento será entregue na entidade na próxima segunda-feira, 18, pelo presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, e por mais cinco dirigentes com cada um deles representando uma região do país.

A iniciativa dos clubes foi definida após reunião na tarde desta segunda-feira, em São Paulo, que contou com a participação de representantes de 32 clubes das principais séries do Brasileirão. No encontro ficou definido também que os dirigentes passarão a se reunir regularmente para discutir ações conjuntas para o futebol brasileiro.

– Todos os clubes concordaram por unanimidade essa iniciativa da CBF mudar o seu estatuto para os clubes participarem de todas as suas assembleias – comentou Tavares.

A iniciativa dos clubes tem como base a Lei do Profut, que foi sancionada em agosto do ano passado e que dá o direito dos clubes participarem de todas as decisões da entidade que comanda o futebol brasileiro. Desde que a lei entrou em vigor, os clubes participaram de apenas uma assembleia eleitoral ocorrida no final do ano passado.



MaisRecentes

Simulação de Leo Valencia, do Botafogo, pode render pena imposta pelo STJD



Continue Lendo

Renovação do atacante Talles Magno com o Vasco está bem encaminhada



Continue Lendo

Rodrigo Caetano surge como opção caso Alexandre Mattos deixe o Palmeiras



Continue Lendo