Clubes pedirão mudança no estatuto da CBF para participar das decisões no futebol



Os 40 clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro enviarão uma carta à CBF pedindo mudanças no estatuto da entidade para que seus dirigentes possam participar mais das decisões relacionadas ao futebol brasileiro. O documento será entregue na entidade na próxima segunda-feira, 18, pelo presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, e por mais cinco dirigentes com cada um deles representando uma região do país.

A iniciativa dos clubes foi definida após reunião na tarde desta segunda-feira, em São Paulo, que contou com a participação de representantes de 32 clubes das principais séries do Brasileirão. No encontro ficou definido também que os dirigentes passarão a se reunir regularmente para discutir ações conjuntas para o futebol brasileiro.

– Todos os clubes concordaram por unanimidade essa iniciativa da CBF mudar o seu estatuto para os clubes participarem de todas as suas assembleias – comentou Tavares.

A iniciativa dos clubes tem como base a Lei do Profut, que foi sancionada em agosto do ano passado e que dá o direito dos clubes participarem de todas as decisões da entidade que comanda o futebol brasileiro. Desde que a lei entrou em vigor, os clubes participaram de apenas uma assembleia eleitoral ocorrida no final do ano passado.



MaisRecentes

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo

Santos e FPF se unem em campanha por apoio ao futebol feminino no Brasil



Continue Lendo

Jogos da Série B1 do Carioca terão transmissão pela tv a cabo



Continue Lendo