Palmeiras já arrecadou R$ 10 milhões com sócios para pagar obra em prédio administrativo



Até o final de maio, o Palmeiras já tinha um saldo acumulado de quase R$ 10 milhões obtidos com o aumento das mensalidades dos associados do clube para pagar a reforma do prédio administrativo, cujo custo estimado para a obra é de R$ 20 milhões. Para pagar as despesas, o clube impôs, no ano passado, uma taxa de melhoria nas mensalidades dos sócios, que são de R$ 55 para planos individuais e de R$ 88 para o familiar.

A reforma do prédio administrativo do Palmeiras é uma das divergências com a WTorre que será decidida em arbitragem. A construção do local entrou no acordo junto com o estádio mas o clube alega que o prédio foi entregue sem condições de uso, o que o obrigou a terminar a obra passando os custos para os sócios.



MaisRecentes

Vasco quer aumentar uso do Maracanã para impulsionar projeto de sócio-torcedor



Continue Lendo

Torcedores podem acionar Ministério Público contra Pedro Abad



Continue Lendo

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo