CPI do Futebol é prorrogada oficialmente por seis meses



A CPI do Futebol foi oficialmente prorrogada por mais seis meses. Uma semana após o presidente da Comissão, o senador Romário (PSB-RJ), obter a assinatura de 54 parlamentares favoráveis à extensão do prazo, o pedido foi lido em plenário na noite da última terça-feira e as investigações sobre crimes no futebol brasileiro irão até o início de 2017. Apesar da prorrogação, a CPI do Futebol continua parada no Senado por conta de manobra regimental que tem impedido a convocação para depor de dirigentes ligados à CBF e o andamento dos trabalhos pela Comissão. A última sessão realizada foi no início de abril.



MaisRecentes

‘Serão 6,5 mil testes este ano’, diz presidente da comissão antidoping da CBF



Continue Lendo

Tícket médio dos jogos do Brasileirão-2016 teve queda de 10%, aponta estudo



Continue Lendo

ABCD crê em recredenciamento junto à Wada até abril



Continue Lendo