Problemas com Dryworld e salário mais baixo levaram diretor do Fluminense de volta ao Cruzeiro



Após um ano no Fluminense, o diretor de marketing Marcone Barbosa deixou as Laranjeiras para voltar a trabalhar no Cruzeiro, clube onde iniciou a carreira tendo atuado na área de marketing entre 2009 e 2015. Os motivos alegados para o retorno foram a dificuldade de adaptação ao Rio de Janeiro e a distância da família.

Entretanto, segundo informações da coluna, sua saída do Tricolor carioca já era cogitada por conta dos problemas do clube com a fornecedora de material esportivo canadense Dryworld. Iniciada em janeiro, a parceria rendeu muitas reclamações ao departamento de marketing do Fluminense pela demora em resolver os equívocos da empresa, entre eles os problemas na distribuição de produtos do time e o atraso no pagamento.

Já nas negociações com o Cruzeiro, Barbosa facilitou ao máximo sua volta a Belo Horizonte, tanto que irá receber no clube mineiro praticamente a metade do salário que recebia nas Laranjeiras.

Na última quinta-feira, dia 30, o então diretor de marketing do Fluminense negou à coluna que estivesse negociando sua volta para o clube mineiro.



MaisRecentes

Cancelamento de reunião que poderia punir Roberto Monteiro gera críticas a Campello



Continue Lendo

Entidade de administração promove evento sobre gestão esportiva



Continue Lendo

Evento em Paris vai debater questão do clube-empresa no futebol brasileiro



Continue Lendo