Libertadores não terá árbitros brasileiros nas semifinais, que serão sob novas regras



A Conmebol já avisou que as novas regras aprovadas pela Fifa serão aplicadas na arbitragem a partir das semifinais da Libertadores. Instrutor da Fifa, o uruguaio Jorge Larrionda contou à coluna que as associações nacionais têm a responsabilidade de passar aos respectivos árbitros as mudanças, mas a Conmebol designou assessores especiais para “suporte adicional”. Além disso, alguns já participaram do treinamento feito visando à Copa América.

Nas quatro partidas pelas semifinais, nenhum árbitro brasileiro foi escalado. O argentino Mauro Vigliano e o Chileno Patricio Polic apitarão os jogos de ida e volta, respectivamente, do São Paulo. “Tratamos de dar a cada árbitro o que ele merece, segundo suas atuações, dentro do possível”, comentou Larrionda, que estará em São Paulo para o jogo de ida do Tricolor do Morumbi, sobre os critérios de escolha.



MaisRecentes

Advogado que pede anulação da eleição no Vasco representa ex-funcionários em ações contra o clube



Continue Lendo

Decisão da Justiça libera construção no terreno do clube Everest



Continue Lendo

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo