Representação criminal contra Minas Arena é entregue à CPI da Máfia do Futebol



O deputado estadual mineiro Iran Barbosa encaminhou à CPI da Máfia do Futebol os documentos da representação criminal que fez ao Ministério Público de MG contra as empresas do consórcio Minas Arena por fraudes na gestão do Mineirão. O processo abrange fraudes de mais de R$ 35 milhões entre os anos de 2013 e 2014.

Em nota, a Minas Arena repudia as irregularidades apontadas pelo deputado e diz que todas as operações do Mineirão são auditadas por uma empresa independente contratada pelo governo do estado. O consórcio rebate ainda os valores citados pelo deputado na representação.



MaisRecentes

Empresa cobra Fluminense por não pagamento de comissão em transferência



Continue Lendo

CBF vê Globo sem ‘adversário’ por jogos da Seleção e mantém boa relação



Continue Lendo

‘Com a crise, temos que fazer mais com menos’, diz executivo de marketing do COB



Continue Lendo