Ricardo Teixeira deve depor à CPI da Máfia do Futebol nesta terça



Ex-presidente da CBF e um dos investigados pelo FBI no escândalo de corrupção no futebol, Ricardo Teixeira é aguardado nesta terça-feira, 14, para depor à CPI da Máfia do Futebol, na Câmara, em Brasília. O ex-dirigente foi convocado após os membros da Comissão apresentarem oito requerimentos solicitando sua presença para falar sobre sua atuação à frente da entidade que comanda o futebol brasileiro.

Segundo a secretaria da CPI, Teixeira “tem que se apresentar até o início da reunião. Caso contrário, terá que justificar sua ausência, o que não ocorreu até o momento”. A sessão está marcada para começar às 14h30.

Como foi “convocado” e não “convidado” a prestar depoimento à CPI, Teixeira terá que falar à Comissão até o fim das investigações, cujo prazo total é de 120 dias. Caso ela não compareça na sessão desta terça, ele poderá ser conduzido à força em uma próxima reunião, caso os membros da CPI optem por essa alternativa.



  • Jorge Guerreiro

    Vamos apostar quem será o iluminado dessa vez a questionar o “CAPO” sobre o vexame da seleção da CBF e esquecer a matéria sobre a corrupção?

MaisRecentes

Clubes e Ferj avaliam ideia para atrair mais público ao Carioca: abrir estádio mais cedo



Continue Lendo

Vice geral do Flamengo minimiza discussão com colega de diretoria



Continue Lendo

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo