Ricardo Teixeira deve depor à CPI da Máfia do Futebol nesta terça



Ex-presidente da CBF e um dos investigados pelo FBI no escândalo de corrupção no futebol, Ricardo Teixeira é aguardado nesta terça-feira, 14, para depor à CPI da Máfia do Futebol, na Câmara, em Brasília. O ex-dirigente foi convocado após os membros da Comissão apresentarem oito requerimentos solicitando sua presença para falar sobre sua atuação à frente da entidade que comanda o futebol brasileiro.

Segundo a secretaria da CPI, Teixeira “tem que se apresentar até o início da reunião. Caso contrário, terá que justificar sua ausência, o que não ocorreu até o momento”. A sessão está marcada para começar às 14h30.

Como foi “convocado” e não “convidado” a prestar depoimento à CPI, Teixeira terá que falar à Comissão até o fim das investigações, cujo prazo total é de 120 dias. Caso ela não compareça na sessão desta terça, ele poderá ser conduzido à força em uma próxima reunião, caso os membros da CPI optem por essa alternativa.



  • Jorge Guerreiro

    Vamos apostar quem será o iluminado dessa vez a questionar o “CAPO” sobre o vexame da seleção da CBF e esquecer a matéria sobre a corrupção?

MaisRecentes

Flamengo projeta receita de mais de R$ 40 milhões com sócio-torcedor em 2017



Continue Lendo

Clubes dão aval à CBF para negociar direitos internacionais do Brasileirão



Continue Lendo

Câmara quer debater investimentos da Caixa no futebol



Continue Lendo