Fenapaf sinaliza acordo com a CBF em processo por intervalo de 72h entre partidas



A Fenapaf teve uma reunião com o jurídico da CBF para discutir a possibilidade de acordo para um processo no qual o sindicato dos jogadores ganhou em primeira instância na Justiça de São Paulo obrigando a CBF a respeitar o intervalo mínimo de 72 horas entre as partidas do calendário nacional. Mas o acordo não foi fechado porque embargo interposto pela CBF está sob análise do juiz. De qualquer forma, a conciliação foi desenhada.

Há uma certa resignação porque, ainda que a CBF respeite o intervalo, há um problema em relação ao calendário da Conmebol.



MaisRecentes

Torcedores podem acionar Ministério Público contra Pedro Abad



Continue Lendo

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo