Fenapaf sinaliza acordo com a CBF em processo por intervalo de 72h entre partidas



A Fenapaf teve uma reunião com o jurídico da CBF para discutir a possibilidade de acordo para um processo no qual o sindicato dos jogadores ganhou em primeira instância na Justiça de São Paulo obrigando a CBF a respeitar o intervalo mínimo de 72 horas entre as partidas do calendário nacional. Mas o acordo não foi fechado porque embargo interposto pela CBF está sob análise do juiz. De qualquer forma, a conciliação foi desenhada.

Há uma certa resignação porque, ainda que a CBF respeite o intervalo, há um problema em relação ao calendário da Conmebol.



MaisRecentes

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo

Possibilidade de apoio de Euriquinho gera desconforto no grupo Sempre Vasco



Continue Lendo

Filho de Cristiano Ronaldo pode atuar em competição de base no Brasil



Continue Lendo