Deputado cita denúncias de manipulação de resultado envolvendo federação de futebol



O deputado César Halum (PRB-TO) afirmou ontem durante sessão da CPI da Máfia do Futebol ter “denúncias graves” de manipulação de resultados que envolvem a Federação Tocantinense de Futebol (FTF). O comentário de Halum foi para explicar o requerimento de sua autoria em que pede a relação de contratos e convênios realizados entre CBF e as federações estaduais.

– São denúncias graves, inclusive com a escolha do time que classifica e o que será campeão – afirmou o deputado do Tocantins.

Logo após a afirmação de Halum, o deputado Laudivio Carvalho, presidente da CPI da Máfia do Futebol, se comprometeu a colocar o requerimento do parlamentar na pauta para ser votado pela Comissão na próxima sessão.

A coluna não conseguiu falar sobre a afirmação do deputado com o presidente da federação do Tocantins, Leomar Quintanillha.

A CPI da Máfia do Futebol foi instalada na Câmara dos Deputados no final de março com o objetivo de investigar irregularidades e crimes cometidos por dirigentes no futebol brasileiro. O prazo para a finalização dos trabalhos é de 120 dias.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo