Deputado cita denúncias de manipulação de resultado envolvendo federação de futebol



O deputado César Halum (PRB-TO) afirmou ontem durante sessão da CPI da Máfia do Futebol ter “denúncias graves” de manipulação de resultados que envolvem a Federação Tocantinense de Futebol (FTF). O comentário de Halum foi para explicar o requerimento de sua autoria em que pede a relação de contratos e convênios realizados entre CBF e as federações estaduais.

– São denúncias graves, inclusive com a escolha do time que classifica e o que será campeão – afirmou o deputado do Tocantins.

Logo após a afirmação de Halum, o deputado Laudivio Carvalho, presidente da CPI da Máfia do Futebol, se comprometeu a colocar o requerimento do parlamentar na pauta para ser votado pela Comissão na próxima sessão.

A coluna não conseguiu falar sobre a afirmação do deputado com o presidente da federação do Tocantins, Leomar Quintanillha.

A CPI da Máfia do Futebol foi instalada na Câmara dos Deputados no final de março com o objetivo de investigar irregularidades e crimes cometidos por dirigentes no futebol brasileiro. O prazo para a finalização dos trabalhos é de 120 dias.



MaisRecentes

Simulação de Leo Valencia, do Botafogo, pode render pena imposta pelo STJD



Continue Lendo

Renovação do atacante Talles Magno com o Vasco está bem encaminhada



Continue Lendo

Rodrigo Caetano surge como opção caso Alexandre Mattos deixe o Palmeiras



Continue Lendo