Globo não envia contratos com a CBF para a CPI da Máfia do Futebol



Presidente da CPI da Máfia do Futebol, o deputado Laudivio Carvalho (SD-MG) recebeu na tarde de ontem um documento enviado pela Globo em que a emissora carioca aponta que “os contratos firmados com a CBF não se enquadram no escopo da CPI” que tramita na Câmara com o objetivo de investigar irregularidades no futebol brasileiro. O departamento jurídico da CPI analisará agora o que poderá ser feito em relação à posição da Globo.

O requerimento que solicita à Globo o envio das cópias dos contratos com a CBF foi aprovado no mês passado e os membros da CPI da Máfia do Futebol aguardavam para esta semana a entrega da documentação, o que não ocorreu. A Comissão, entretanto, poderá tirar dúvidas sobre a atuação da emissora no próximo dia 16, quando está marcada oitiva com Pedro Garcia, diretor da Globo na área de esportes.



MaisRecentes

Vasco quer aumentar uso do Maracanã para impulsionar projeto de sócio-torcedor



Continue Lendo

Torcedores podem acionar Ministério Público contra Pedro Abad



Continue Lendo

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo