Pensando no árbitro de vídeo, CBF pede à Globo mudança em posicionamento de câmeras



Visando aos testes com árbitro de vídeo, a CBF pediu, em reunião com a Globo na quarta-feira, um ajuste no posicionamento da câmera lateral que acompanha a linha defensiva para que ela fique mais reta. O intuito é mostrar com mais precisão a existência ou não impedimento nas jogadas.

As imagens da Globo é que serão usadas nos projeto de árbitro de vídeo e, portanto, a ideia é que haja menos dúvida possível com os replays. Os testes offline vão de agosto a setembro. Os testes online, em amistosos, vão até dezembro.

A cabine em que as imagens serão analisadas terão quatro pessoas. Um árbitro de vídeo, um assistente, um técnico para selecionar as imagens e tomadas cedidas pelo sinal do jogo, sem qualquer narração, e um técnico, para resolver qualquer problema tecnológico e eletrônico que possa vir a ocorrer. A CBF vai fazer workshops para treinar os árbitros selecionados para atuar como árbitro de vídeo.



  • silvio

    Acabou o citinthians

MaisRecentes

CBF comprou horário na TV Brasil por preço simbólico de R$ 15 mil por jogo



Continue Lendo

Ricardo Teixeira deu ‘carona’ a presos por corrupção em avião da CBF



Continue Lendo

Liga vê Copa do Nordeste com potencial para crescer e pagar mais aos clubes



Continue Lendo