Relator de CPI irá propor lei mais rígida contra corrupção no futebol



Relator da CPI da Máfia do Futebol, o deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) diz que irá propor em seu relatório que a legislação brasileira seja mais rígidas para inibir a corrupção no futebol. Segundo ele, um dos problemas nas normas do país é que não é crime corrupção cometida entre entes privados, como é o caso da CBF.

– Esse é o legado que queremos deixar para o país. É o principal crime no esporte e aqui não existe – afirmou o deputado, durante sessão da Comissão instalada na Câmara para investigar irregularidades cometidas no futebol brasileiro.

O relator citou ainda o escândalo no futebol deflagrado pelo FBI em conjunto com a Justiça suíça para expor a necessidade de alterar a legislação brasileira.

– Por isso que essa operação contra corrupção no futebol foi feita nos EUA e na Suíça pois nesses países as leis abrangem entes privados – comentou o relator da CPI.



  • Marcel Zanini

    É deputado do PP, pode escrever ai com letras maiúsculas, é CORRUPTO com certeza.

  • Miguel Laskoski

    Se todos os corruptos, sejam corruptores e corrompidos do Brasil fossem pra cadeia, penso que quase metade da população do Brasil teria algum tipo de comprometimento. O governo é uma reprodução da nossa sociedade, como professor fico triste de ver algumas coisas no nosso País. Como exemplo até o Bolsa Família apresentou 1,09 milhões de fraudes com pessoas recebendo esse beneficio social sem terem direitos. O grande problema de nossa sociedade é que muitas pessoas pensam que ética é apenas para os outros, não se considerando responsáveis pelos problemas que temos no Brasil atualmente!

MaisRecentes

Clubes e Ferj avaliam ideia para atrair mais público ao Carioca: abrir estádio mais cedo



Continue Lendo

Vice geral do Flamengo minimiza discussão com colega de diretoria



Continue Lendo

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo