‘Vou advogar que é onde eu ganho dinheiro’, diz Aidar, sobre expulsão do Conselho do São Paulo



Presidente do São Paulo em três gestões, o advogado Carlos Miguel Aidar foi expulso do Conselho são-paulino por desvio de dinheiro e lesão ao cofre do clube. Um mês após a decisão dos conselheiros, o ex-presidente afirma que o São Paulo é uma “página virada” em sua carreira e que agora está focado na área em que se formou.

– Agora vou só advogar, que é onde eu realmente ganho dinheiro – comentou Aidar, que no final do ano passado deixou a sociedade no escritório AidarSBZ e abriu a Aidar Advogados.



MaisRecentes

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo

Novo presidente do COB tem reunião à vista com ministro do Esporte



Continue Lendo

Aposta de advogados é ‘condenação formal’ para Marin. Julgamento é aguardado por Del Nero



Continue Lendo