‘Vou advogar que é onde eu ganho dinheiro’, diz Aidar, sobre expulsão do Conselho do São Paulo



Presidente do São Paulo em três gestões, o advogado Carlos Miguel Aidar foi expulso do Conselho são-paulino por desvio de dinheiro e lesão ao cofre do clube. Um mês após a decisão dos conselheiros, o ex-presidente afirma que o São Paulo é uma “página virada” em sua carreira e que agora está focado na área em que se formou.

– Agora vou só advogar, que é onde eu realmente ganho dinheiro – comentou Aidar, que no final do ano passado deixou a sociedade no escritório AidarSBZ e abriu a Aidar Advogados.



MaisRecentes

Crise política breca MP que isenta atletas de cobrança previdenciária



Continue Lendo

Romário enviará relatório da CPI do Futebol ao Ministério Público da Espanha



Continue Lendo

Federação Paulista nomeia empresário como vice-presidente



Continue Lendo