Minas Arena aponta dívida de R$ 9,1 mi do Cruzeiro em acordo ‘favorável’ ao clube mineiro



A Minas Arena, concessionária que administra o Mineirão, aponta que o valor cobrado do Cruzeiro na ação contra o clube mineiro já é de R$ 9,1 milhões em valores corrigidos. O valor refere-se às despesas pela utilização do estádio pelo Cruzeiro, cujo acordo a empresa diz ser “favorável” ao clube por ter que pagar apenas 70% de todo o custo de operação das partidas.

Ontem, a Justiça de Minas Gerais determinou a retenção de 25% da receita dos jogos do Cruzeiro no Mineirão para pagar a dívida. A iniciativa ocorreu no mesmo dia que o clube mineiro apresentou sua defesa em que pede a rescisão do contrato e cobra, por sua vez, um valor de R$ 25 milhões da concessionária pelo descumprimento do acordo entre as partes na utilização do estádio.

– A concessionária segue rigorosamente as cláusulas contratuais. Se houver rescisão, não é nossa culpa – afirmou à coluna o diretor comercial do Mineirão, Samuel Lloyd, para quem o contrato de utilização do estádio “é uma grande vantagem ao Cruzeiro”.

 



MaisRecentes

Brasileirão 2017 rende a melhor média de audiência à Globo nos últimos anos



Continue Lendo

Empresa cobra Fluminense por não pagamento de comissão em transferência



Continue Lendo

CBF vê Globo sem ‘adversário’ por jogos da Seleção e mantém boa relação



Continue Lendo