‘Paguei com meu dinheiro’, diz conselheiro investigado do Corinthians sobre ter ido com o time pra Bahia



Mané da Carne (dir.) no hotel onde o Corinthians se hospedou, em Salvador.

Mané da Carne (dir.) no hotel onde o Corinthians se hospedou, em Salvador.

O conselheiro vitalício do Corinthians Manoel Ramos Evangelista, o Mané da Carne, afirmou que não fez nada de errado ao acompanhar a delegação corintiana em Salvador onde o time enfrentou e perdeu para o Vitória, no último domingo, pelo Brasileirão. Segundo ele, os custos da viagem foram pagas de seu próprio bolso.

– Eu que paguei o hotel e as passagens aéreas, não foi o clube. Eu posso ir para onde eu quiser e a hora que eu quiser – afirmou o conselheiro, citando os pagamentos de R$ 210 na estadia do hotel e R$ 940 nas passagens aéreas pela companhia Avianca.

Mané da Carne foi alvo de denúncia do empresário Helmut Niki Apaza por ter recebido parte dos US$ 60 mil da venda de 20% dos direitos econômicos do jovem Alyson Motta. O caso está sendo apurado pelo Comitê de Ética do Conselho Deliberativo do Corinthians e o conselheiro nega que tenha recebido qualquer quantia.

Apesar de Mané da Carne sempre estar com o elenco corintiano nos jogos fora de casa, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, passou a ser pressionado no clube para evitar a presença do conselheiro investigado junto com o time por conta do seu envolvimento no caso de desvio de verba na base do Corinthians.

Colaborou: Bruno Cassucci



  • Datena

    Pagou com o seu dinheiro de corrupção seu FDP.

  • carlos alcantara

    Precisamos expulsar essa cambada que se instalou no Corinthians, da saudades do Vicente Matheus !!!!!

  • Marty McFly

    Uiii uiiii uiiiiiiii…..
    Clube Pequeno é assim mesmo.
    Mané da Linguiça pagou com o lombo de gayvota fresca.
    Smallll Clubbbbbbb

MaisRecentes

Flamengo terá superávit de R$ 146 milhões em 2016, aponta banco



Continue Lendo

Grupo francês promete investir R$ 9 milhões na cobertura do Maracanã



Continue Lendo

Ação contra Profut no STF terá relatoria de Alexandre de Moraes



Continue Lendo