Dirigentes não chegam a acordo e Brasil pode ficar fora da Liga Sul-Americana de Clubes



Dirigentes de cerca de 30 clubes se reuniram nesta quinta-feira, 19, em Assunção-PAR, na tentativa de se chegar a um acordo em relação a criação da Liga Sul-Americana de Clubes após divergências ocorridas no último encontro, em São Paulo, no final de março. Apesar da nova reunião, os impasses entre brasileiros e os representantes de outros países, principalmente argentinos e uruguaios, se mantiveram e é grande a possibilidade da entidade ser criada sem a participação do Brasil.

Entre os pontos em que não houve acordo estão o local da sede, que os brasileiros defendem Porto Alegre, e o peso dos votos entre os países no conselho e diretoria da entidade.

– Nossa intenção é de criar uma associação de clubes e não algo parecido com o que já existe, que é a Conmebol – afirmou Marcelo Penha, que representou o Fluminense na reunião.

Por conta das divergências, os dirigentes brasileiros decidiram se reunir na próxima semana para tomarem uma decisão sobre a participação na entidade. O local do encontro ainda não está definido.

Na reunião de hoje, estiveram presentes representantes de Grêmio, Internacional, Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Fluminense, Flamengo, Vasco e Botafogo. Os únicos ausentes foram os mineiros de Atlético-MG e Cruzeiro.



  • CAVUCA

    Não entendo o que estão fazendo o Vasco e o Botafogo. O Corinthians e o Palmeiras reunidos para formar uma Liga Internacional. Se nem a Liga criada no Brasil não quiseram participar. Deve ser a presença deles que esta atrapalhando as negociações. Não devem ter a permissão do Del Nero que deseja ser o presidente da nova Liga.

    • Cleber Aguiar

      Este é o grande problema, você não entende! E vai continuar não entendendo, então pra que falar bobagens?

      • CAVUCA

        Generosa inteligência vc talvez seja do tipo não questionável. Lhe dão tudo mastigado vc aceita e pronto. É assim ? ? Então somos dois idiotas falando besteiras. Eu pq questiono e vc poderosa inteligência pq não questiona. bla bla bla bla.

        • Cleber Aguiar

          Campeão, não questiono futebol. Para mim isto sempre foi diversão, então como tal, me divirto quando o time pelo qual eu torço perde, não ganho nada com futebol, e quando ganha, sacaneio quem me sacaneia, é apenas diversão! Se meu time cair para a divisão de Várzea, vou continuar me divertindo, se for campeão do mundo igualmente. Assim, não somos dois idiotas falando besteiras, mas somos duas pessoas com perspectivas diferentes a respeito de algo, apenas isso. Não se chateie, na vida real não há Chapolins para nos defender, me perdoe se se fui grosseiro, não era a minha intenção. Grande abraço e felicidades!

    • Marcio

      Vou te explicar então, funciona assim; torneios disputados no Acre, Amazônas ou no nordeste em geral onde não atrai mídia nem retorno financeiro p isso chamam esses timinhos fracos… Agora quando é algo maior, torneio internacional aí sim entra Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Santos p sabem q assim vai p frente!!

      • CAVUCA

        Então eu tinha razão times comprometidos com a cbf. Entendi. Obg.

MaisRecentes

Romário quer que presidente de órgão do legado olímpico passe por sabatina no Senado



Continue Lendo

COB mantém uniformes da Nike mesmo sem contrato



Continue Lendo

Clubes citam preocupação com uso de vídeo sem testes na Libertadores



Continue Lendo