CBF fatura mais em patrocínio que os seis maiores clubes juntos



Apesar da queda de 6% nas receitas de patrocínios em 2015, a CBF faturou bem mais que os grandes clubes do país. Os R$ 340 milhões da área superaram a soma de R$ 228 milhões dos seis maiores clubes nessa receita, que são Flamengo (R$ 85 milhões), Palmeiras (R$ 70 milhões), Corinthians (R$ 67 milhões), Grêmio (R$ 35 milhões) e Inter (R$ 35 milhões).

A CBF, entretanto, investiu menos em futebol que quatro grandes clubes. O custo de R$ 226 milhões da entidade na área ficou atrás de Cruzeiro (R$ 306,4 milhões), São Paulo (R$ 273,6 milhões), Corinthians (R$ 250,3 milhões) e Palmeiras (R$ 246,1 milhões).

Os dados são do estudo do colunista do L!, Amir Somoggi, que faz uma ressalva em relação aos custos da CBF com futebol. Para ele, o valor exato seria de R$ 162 milhões, já que a entidade incluiu gastos como os R$ 16 milhões com “órgãos e departamentos de apoio” ou R$ 14 milhões com “projetos de apoio e desenvolvimento”.



MaisRecentes

Impulsionado pela verba de TV, Bahia tem superávit de R$ 22 milhões em 2016



Continue Lendo

Botafogo tenta entregar camisa ao lateral Marcelo, do Real Madrid



Continue Lendo

Email que cita irregularidades na Confederação de Boxe é entregue ao MPF



Continue Lendo