Candelária é opção para a pira olímpica, diz Comitê Rio-2016



Apesar da Prefeitura do Rio de Janeiro ter divulgado em seu site, na semana passada, que a pira olímpica ficará na Praça Mauá, o Comitê Rio-2016 aponta que o local ainda não está definido e que o Largo da Candelária, cujo símbolo é a Igreja de Nossa Senhora da Candelária, também está entre as opções avaliadas pela organização dos Jogos Olímpicos.

Ainda que os locais fiquem próximos, a apenas 800 metros de distância, pesa à favor da Praça Mauá o fato de integrar o projeto Porto Maravilha, que revitalizou a região da Zona Portuária e que integra o plano de legado olímpico da cidade. A decisão sobre o local está sendo tomada em conjunto entre o Comitê Rio-2016 e a Prefeitura do Rio de Janeiro.

A escolha do local da pira é avaliada pela organização da Rio-2016 como “problema a ser resolvido”. O fato deve ao símbolo olímpico não poder ficar no estádio olímpico dos Jogos, o Engenhão, pois a cerimônia de abertura será realizada no Maracanã. Esta será a segunda vez na história das Olimpíadas que a pira ficará fora do estádio olímpico.



MaisRecentes

Levir Culpi x Fluminense: processo vira segredo de Justiça



Continue Lendo

Copa América-2019: Impasse contratual aumenta atraso na organização



Continue Lendo

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo