Flamengo se abstém na aprovação de contas da Ferj



Se em 2015 o Flamengo, assim como o Fluminense, votou contra a aprovação das contas da Ferj, desta vez, agora em 2016, o Rubro-Negro optou pela abstenção. E o Fluminense nem sequer esteve presente na assembleia desta terça-feira, na sede da entidade.

Segundo um dirigente que esteve na reunião, o Flamengo alegou que precisava ter acesso a uma gama de documentações para chancelar o voto do balanço do exercício de 2015.

Quem assinou a ata pelo clube foi o advogado Michel Assef Filho. Mas ele precisou sair. Na hora da votação, o gerente jurídico André Galdeano era quem estava presente. Como o nome na ata era o de Michel, foi necessária a aprovação, depois da sugestão do presidente da Ferj, Rubens Lopes, para aceitação da abstenção do Fla.

O Fluminense não mandou ninguém. O representante costumeiro do clube na Ferj, Marcelo Penha, estava na CBF acompanhando o seminário cuja pauta do dia foi o calendário.

O presidente da Ferj rebateu o Flamengo dizendo que as contas estiveram à disposição para análise desde o dia da convocação e ainda estarão franqueadas a qualquer filiado.



MaisRecentes

Benemérito do Vasco reclama de obstrução da secretaria para regularizar sócio



Continue Lendo

Vasco fecha com novo patrocinador até o final da temporada



Continue Lendo

Tour da Arena Corinthians já recebeu mais de 100 mil visitantes



Continue Lendo