Flamengo se abstém na aprovação de contas da Ferj



Se em 2015 o Flamengo, assim como o Fluminense, votou contra a aprovação das contas da Ferj, desta vez, agora em 2016, o Rubro-Negro optou pela abstenção. E o Fluminense nem sequer esteve presente na assembleia desta terça-feira, na sede da entidade.

Segundo um dirigente que esteve na reunião, o Flamengo alegou que precisava ter acesso a uma gama de documentações para chancelar o voto do balanço do exercício de 2015.

Quem assinou a ata pelo clube foi o advogado Michel Assef Filho. Mas ele precisou sair. Na hora da votação, o gerente jurídico André Galdeano era quem estava presente. Como o nome na ata era o de Michel, foi necessária a aprovação, depois da sugestão do presidente da Ferj, Rubens Lopes, para aceitação da abstenção do Fla.

O Fluminense não mandou ninguém. O representante costumeiro do clube na Ferj, Marcelo Penha, estava na CBF acompanhando o seminário cuja pauta do dia foi o calendário.

O presidente da Ferj rebateu o Flamengo dizendo que as contas estiveram à disposição para análise desde o dia da convocação e ainda estarão franqueadas a qualquer filiado.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo