Ricardo Gomyde será o novo Secretário Nacional de Futebol do Ministério do Esporte



Filiado ao PCdoB, o paranaense Ricardo Gomyde será o novo Secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor do Ministério do Esporte, cargo que foi deixado há duas semanas por Rogério Hamam, do PRB, após seu partido romper com o governo. Gomyde foi assessor especial da pasta no período em que Orlando Silva esteve à frente do Ministério, e é ex-secretário de esportes do estado do Paraná.

Ele assumirá o cargo na próxima segunda-feira, 25, com o objetivo de finalizar dois projetos que estão parados no Ministério do Esporte: a Autoridade Pública de Governança do Futebol (Apfut), órgão que ficará responsável pela fiscalização dos clubes no Profut e cujos membros ainda não foram definidos, e o curso de graduação e pós-graduação em gestão do esporte e futebol, que está sendo elaborado em parceria com a Universidade do Futebol.

Gomyde já esteve em Brasília esta semana mas assume a secretaria do Ministério do Esporte a partir da próxima segunda, quando terá reunião com representantes da Casa Civil. Em um primeiro contato, ele chegou a recusar o cargo mas acabou aceitando após a indicação de clubes e do antecessor Rogério Hamam ao ministro Ricardo Leyser.

Nos bastidores, a ida de Gomyde para o Ministério do Esporte é vista como provisória por conta das indefinições em relação ao governo de Dilma. Entretanto, ele assumirá o cargo para ao menos tirar do papel a Apfut e o curso de gestão, feito em parceria com a Universidade do Futebol.

O receio da pasta é que, se não forem finalizados, ambos os projetos podem ser engavetados em um novo comando do Ministério caso Michel Temer assuma a presidência do país.



MaisRecentes

Crise política breca MP que isenta atletas de cobrança previdenciária



Continue Lendo

Romário enviará relatório da CPI do Futebol ao Ministério Público da Espanha



Continue Lendo

Federação Paulista nomeia empresário como vice-presidente



Continue Lendo