Atacante Rafael Silva entra com ação contra o Vasco



Artilheiro do Vasco no ano passado e autor de gols na final que ajudaram na conquista do título Carioca de 2015, o atacante Rafael Silva, hoje no Cruzeiro, entrou com uma ação na Justiça contra o ex-clube onde pede cerca de R$ 600 mil. O valor corresponde a atraso no pagamento de salários, férias, 13º salário e FGTS. Além disso, a ação pede o reconhecimento da “natureza remuneratória” do direito de arena pelos jogos disputados no Campeonato Carioca, Copa do Brasil e Brasileirão do ano passado.

Em relação ao direito de arena, o jogador pede que o valor recebido na temporada passada pelos jogos disputados, que foi de R$ 138,3 mil, tenham reflexos nos ganhos salariais. Dessa forma, os R$ 11,5 mil que o jogador recebeu em média por mês seriam contabilizados nos ganhos com férias, 13º salário e FGTS.

A ação diz que “o direito de arena possui natureza remuneratória, pois decorre exclusivamente do contrato de trabalho e da prestação de serviços dos jogadores profissionais aos clubes”.

Contatado para falar sobre o caso, o vice-presidente jurídico do Vasco, Paulo Reis, confirmou a ação de Rafael Silva contra o clube. Entretanto, o dirigente não quis comentar o processo por “questão de ética”.

Na ação contra o clube carioca, o atacante está sendo assessorado pelo escritório Rino Advocacia Desportiva, dos advogados Filipe e Thiago Rino.



MaisRecentes

Benemérito do Vasco reclama de obstrução da secretaria para regularizar sócio



Continue Lendo

Vasco fecha com novo patrocinador até o final da temporada



Continue Lendo

Tour da Arena Corinthians já recebeu mais de 100 mil visitantes



Continue Lendo