Palmeiras e São Paulo são responsáveis por queda de público no Paulistão



A primeira fase do Paulistão 2016 terminou com queda na média de público em relação à edição anterior: 6,5 mil este ano contra 6,8 mil no ano passado. O impacto para o saldo negativo da competição foram os jogos de Palmeiras e São Paulo. O Alviverde atraiu 151,7 mil palmeirenses nos jogos em que foi mandante (média de 18,9 mil por jogo) este ano, contra 214,2 mil em 2015 (26,7 mil de média).

Já o Tricolor paulista teve um total de 58 mil são-paulinos nos jogos em casa em 2016 (média de 7,2 mil), sendo que no ano passado foram 73,5 mil torcedores nas partidas (9,2 mil de média).

A queda de público de Palmeiras e São Paulo foi citada pelo presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, ao avaliar a primeira fase do Paulistão durante evento na sede da entidade.

– Tivemos uma queda grande público pois os dois clubes jogaram várias partidas fora de seus estádios – disse Bastos, apontando os vários jogos que os dois clubes mandaram no Pacaembu durante o torneio.

Sem citar números, o presidente da FPF apontou ainda apontou que os jogos dos clubes do interior tiveram alta de pública em relação ao ano passado.

Colaborou Alexandre Guariglia



  • Reflexo de seres humanos disfarçados de torcedores… Provavelmente votam nos candidatos mais indicados em pesquisas… Torcem pro Barcelona, não apenas pelo futebol envolvente e simplesmente por que sabem que a probabilidade de ser campeão é garantida… Deviam ser classificados por “quase torcedores” isso chega a ser ofensa para torcedores de verdade!

MaisRecentes

Agência irá recorrer de decisão que tirou campanha do Flamengo do ar



Continue Lendo

CBF manda representante para Salvador para acompanhar arbitragem da final da Copa do Nordeste



Continue Lendo

Sindicato cria norma para repassar direito de arena a atletas em até 5 anos



Continue Lendo