Palmeiras e São Paulo são responsáveis por queda de público no Paulistão



A primeira fase do Paulistão 2016 terminou com queda na média de público em relação à edição anterior: 6,5 mil este ano contra 6,8 mil no ano passado. O impacto para o saldo negativo da competição foram os jogos de Palmeiras e São Paulo. O Alviverde atraiu 151,7 mil palmeirenses nos jogos em que foi mandante (média de 18,9 mil por jogo) este ano, contra 214,2 mil em 2015 (26,7 mil de média).

Já o Tricolor paulista teve um total de 58 mil são-paulinos nos jogos em casa em 2016 (média de 7,2 mil), sendo que no ano passado foram 73,5 mil torcedores nas partidas (9,2 mil de média).

A queda de público de Palmeiras e São Paulo foi citada pelo presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, ao avaliar a primeira fase do Paulistão durante evento na sede da entidade.

– Tivemos uma queda grande público pois os dois clubes jogaram várias partidas fora de seus estádios – disse Bastos, apontando os vários jogos que os dois clubes mandaram no Pacaembu durante o torneio.

Sem citar números, o presidente da FPF apontou ainda apontou que os jogos dos clubes do interior tiveram alta de pública em relação ao ano passado.

Colaborou Alexandre Guariglia



  • Reflexo de seres humanos disfarçados de torcedores… Provavelmente votam nos candidatos mais indicados em pesquisas… Torcem pro Barcelona, não apenas pelo futebol envolvente e simplesmente por que sabem que a probabilidade de ser campeão é garantida… Deviam ser classificados por “quase torcedores” isso chega a ser ofensa para torcedores de verdade!

MaisRecentes

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo

Novo presidente do COB tem reunião à vista com ministro do Esporte



Continue Lendo

Aposta de advogados é ‘condenação formal’ para Marin. Julgamento é aguardado por Del Nero



Continue Lendo