CPI da Fifa passa a se chamar ‘CPI da Máfia do Futebol’



Instalada na semana passada na Câmara dos Deputados, a CPI da Fifa que investiga crimes cometidos no Brasil por dirigentes da entidade que comanda o futebol mundial terá uma nova denominação e passa a se chamar “CPI da Máfia do Futebol”.

Segundo a assessoria da CPI, os membros da Comissão optaram pela mudança pela denominação “ser mais adequada” ao trabalho realizado. Já o deputado João Derly (Rede-RS), é para “não falar só das entidades envolvidas na investigação”, no caso Fifa e CBF.

A sessão da CPI prevista para esta quinta-feira, 7, foi cancelada por falta de quórum. Entre os requerimentos que seriam votados estavam a convocação de pessoas para depor, requisição de documentos e a formação de uma comitiva para ir aos Estados Unidos buscar informações junto às autoridades americanas.

 



  • Miguel Laskoski

    Até hoje ainda não tive informações quanto a eficácia das CPIs que se fazem no Brasil, aquela de 2001 que era presidida pelo Senador Álvaro Dias e relatadas pelo senador catarinense, terminou não trazendo nada de pratico ou de resultado. A derrota de 7 x 1 para a Alemanha não mudou em nada a CBF que nos tempos distantes de Rivadavia Correa Meyer era uma entidade séria. A CPI da FIFA tenho uma profunda convicção que também não trará nada de positivo como resultado. Todas as CPIs realizadas até agora quando acabaram foram uma completa desilusão para a sociedade. Tudo nesse País leva ao “contra ponto” de despertar a desconfiança da sociedade. Cada vez mais chego a conclusão de que infelizmente o Brasil não é UM PAIS SERIO!

MaisRecentes

Com jovens em alta, CBF planeja negociação para liberar para a sub-17



Continue Lendo

STJD nega pedido do Vasco de efeito suspensivo em perdas de mando



Continue Lendo

Técnicos articulam pela redução de demissões no Brasil. Alguns cogitam até ‘boicote’



Continue Lendo