Diretoria do São Paulo deve dar explicações sobre venda de Kieza no Conselho



A rápida passagem de Kieza pelo São Paulo deve levar a diretoria são-paulina a dar explicações sobre a estranha negociação na próxima reunião do Conselho. O atacante foi contratado após longa negociação e ficou menos de dois meses no clube. O assunto foi muito debatido ontem por conselheiros do clube, que querem detalhes do contrato de compra do atacante junto ao Shanghai Shenxim, da China, e explicações da venda precoce do atleta.

Entre as explicações pretendidas pelos conselheiros são-paulinos sobre a contratação de Kieza, citada como um “desastre”, estão o fato da diretoria não ter aproveitado a base, já que o atleta não trouxe benefícios ao ser vendido pelo mesmo valor (cerca de US$ 1 milhão), e detalhes do contrato de aquisição para saber as partes beneficiadas em comissões e valores envolvidos.

Outra preocupação no Morumbi é em relação à imagem institucional do clube pelo jogador ter preterido o São Paulo para jogar em um time de menor expressão no futebol brasileiro, no caso o Vitória.



MaisRecentes

Pretenso patrocinador do Vasco já foi punido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)



Continue Lendo

Mesmo com prêmio milionário, caso conquiste a Copa do Brasil, Cruzeiro deve fechar o ano no vermelho



Continue Lendo

Liberada a construção de prédios no terreno do clube Everest



Continue Lendo