Para conselheiros do Palmeiras, imagem de Del Nero influenciou em derrota do filho no clube



Segundo conselheiros do Palmeias ouvidos pela coluna, a imagem de Marco Polo Del Nero, presidente licenciado da CBF e investigado nos escândalos de corrupção no futebol, foi o principal motivo para seu filho, Marco Polo Del Nero Filho, não ter conseguido o número mínimo de votos para se eleger conselheiro vitalício do clube.

O filho do dirigente foi o conselheiro menos votado na eleição com apenas 98 indicações. Para se eleger conselheiro vitalício do clube, os candidatos precisavam de no mínimo 123 votos. No pleito, haviam 25 vagas em aberto e apenas 18 candidatos, mas apenas nove deles conseguiram o mínimo de indicações.

Licenciado da presidência da CBF, Marco Polo Del Nero esteve na sede do Palmeiras para votar em seu filho, na noite da última segunda. O dirigente chegou minutos antes do início da votação, marcada para às 20 horas, e saiu menos de meia hora depois sem ver o resultado final.

Apesar de estar mais afastado do Palmeiras atualmente, o filho do dirigente foi muito presente no dia a dia do clube nas gestões dos ex-presidentes Afonso Della Monica e Arnaldo Tirone. Mas para os conselheiros, as divergências políticas não foram o principal motivo de sua derrota e sim as acusações contra seu pai atualmente.



MaisRecentes

Arena da Baixada recebe evento com forças da segurança pública do Paraná



Continue Lendo

Justiça determina que eleição no Volta Redonda tenha urna para sócios ‘sub judice’



Continue Lendo

Sucesso na temporada faz Fortaleza crescer nas redes sociais



Continue Lendo