Em meio a queda de braço com o governo, Fifa reforça que CBF é a responsável pelo controle de doping no futebol



Diante da discussão entre governo, juristas e médicos sobre a criação ou não de um laboratório específico para o controle de doping e a passagem da responsabilidade pelos exames para a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), a Comissão Nacional Antidoping da CBF acionou a Fifa.

A entidade respondeu através de uma carta recebida pelo presidente da comissão de dopagem da entidade, Fernando Solera, e reforçou que reconhece a CBF como único órgão responsável pelos exames no futebol.

O documento também foi endereçado ao Ministério do Esporte. A Fifa diz que a CBF realizou mais controles antidoping que qualquer outra organização nacional no mundo, citando os números de Itália e Inglaterra.

Em relação a uma possível criação de um tribunal exclusivo para julgar casos de doping, a Fifa ressalta que o STJD do futebol brasileiro tem “experiência extensa e de longos anos na gestão de casos de doping”. A Fifa ainda sugere que, “se houver necessidade de mudanças, o STJD deve permanecer, pelo menos, como a primeira instância de casos de doping no futebol”.



MaisRecentes

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo

Santos e FPF se unem em campanha por apoio ao futebol feminino no Brasil



Continue Lendo

Jogos da Série B1 do Carioca terão transmissão pela tv a cabo



Continue Lendo